5 de julho de 2020
  • 23:21 Como a Lava Jato escondeu do governo federal visita do FBI e procuradores americanos
  • 19:55 #EraMelhorComPT chega aos trending topics do Twitter
  • 15:59 Lava Jato de SP usa Serra como boi de piranha no embate com procurador-geral
  • 14:27 Covid-19: Dados do SUS revelam vítima-padrão de Bolsonaro, homem, pobre e negro
  • 12:18 Verba de combate à Covid-19 vira moeda de troca de apoio ao governo no Congresso

Centrão assume comando do FNDE.

Chefe de gabinete de Ciro Nogueira, presidente do PP, ocupará presidência do fundo ligado ao MEC.

A mudança foi concretizada nesta segunda-feira no Diário Oficial.

Foi nomeado para o comando do volumoso fundo da Educação Marcelo Lopes da Ponte.

Bolsonaro tornou-se o principal acionista do centrão, receoso que está de perder o mandato na esteira de um processo de impeachment, ou pela ficha criminal de amigos e familiares, ou pela inépcia na pandemia, que já custou ao país quase 30 mil vidas.

Na mesma linha do “é dando que se recebe” Bolsonaro entregou o Banco do Nordeste ao PL Valdemar Costa Neto.

É o toma lá dá cá, aqui e acolá de Bolsonaro para salvar seu pescoço e o dos seus.

O fisiologismo sempre foi marca de Bolsonaro, mas agora é lema.

Bolsonaro mente para o gado para agradar a bancada da bala.

“Para vocês entenderem um pouquinho quem estava do meu lado. Essa instrução normativa 131 é da PF, mas por determinação do Moro. Ela ignorou decretos meus para dificultar a posse e porte da arma de fogo”. (Bolsonaro).
A norma foi publicada em 2018.

Esse é o verdadeiro Bolsonaro e não se furtará em usar a última munição para se agarrar à cadeira da presidência, porque ela representa a impunidade dos filhos e a sua própria.

Dito isso, todos que querem derrubar Bolsonaro têm que se unir, porque ele se unirá ao diabo para não cair e continuar avançando com seu projeto fascista.

Bolsonaro instrumentalizou a PM e fez crescer seu apoio na corporação.

E o que vimos a PM fazer? Manifestação antifascista não pode!

Então, mergulho de cabeça em qualquer movimento que tenha Lula, a maior liderança do país.

Sem ele, como bem disse Saul Leblon – Carta Maior:

“Não haverá mesa de repactuação do país e do desenvolvimento sem que Lula tenha assento ao lado das demais lideranças e representações ecumênicas da sociedade. Claro, FHC e Ciro devem estar lá. Mas se estiverem sem Lula, não será uma frente, mas um biombo antipopular. Fracassará”

 

*Carlos Henrique Machado Freitas

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

2 COMMENTS

  1. Jaqueline de Faria Posted on 1 de junho de 2020 at 16:22

    Eu não entro em “estabelecimento” em que Lula foi barrado. Se meu líder não serve pra eles, eles não servem pra mim. Eu sigo os passos de Lula e Dilma e, de mais ninguém.

    Reply
  2. Pingback: Sem Lula e Dilma, nenhum movimento será uma frente, mas um biombo antipopular  – Brasdangola Blogue
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: