13 de julho de 2020
  • 09:25 O genocida Bolsonaro aproveita a pandemia e o extermínio de 71 mil brasileiros para entregar o pré-sal
  • 14:52 Pane na latrina: Ana Paula do Vôlei e JR Guzzo se fazem de mortos com a libertação do casal Queiroz
  • 19:12 O Globo quer “perdoar o PT” por ter cometido o crime de tirar 40 milhões da miséria
  • 16:23 O pedido de perdão ao PT pelo Globo é mais um sinal de que a direita faliu e pede socorro
  • 13:58 Procuradores da Lava Jato têm medo porque sabem o que fizeram no sábado à noite, diz Gilmar Mendes

No dia em que Brasil ultrapassa 30 mil mortes por Covid-19, número de pessoas sonhado por Bolsonaro que a ditadura deveria ter executado, uma profusão de demandas faz eclodir uma manifestação contra o racismo no Brasil, a falta de perspectiva de futuro para a juventude, além de uma economia subordinada ao mercado e um regime autoritário que se agrava perigosamente rumo ao fascismo.

Soma-se a isso as manifestações nos Estados Unidos protagonizadas por antifascistas num país que expõe as vísceras do racismo com a morte de George Floyd por um policial branco, mais 40 milhões de desempregados e o enriquecimento em 17% dos super ricos americanos, pronto, está feita uma nova onda que começa a varrer o Brasil contra esse estado de exceção econômica e social que condena brasileiros a uma amarga situação que refletida pelo resultado de uma política econômica imposta aos brasileiros depois do golpe em Dilma e da prisão de Lula por Temer e Bolsonaro.

Como sempre, usando o respaldo das classes dominantes, a repressão policial, que é parte da natureza de uma PM criada para defender a casa grande, cumpriu o seu papel de causar conflitos com o discurso oficial de usar covardemente a força para por fim aos conflitos.

O que mostra bem nos EUA, Trump usando o exército contra o povo, e aqui a PM fazendo o mesmo contra manifestantes antifascistas que, tanto lá quanto cá, vive-se uma democracia de mercado.

Ainda é cedo para saber os desdobramentos disso, até porque não se espera, no Brasil, com o nível de desemprego que está, a economia na bancarrota e a quantidade de mortes em razão da pandemia,  por culpa de Bolsonaro, que as manifestações que começam a ganhar volume contra o seu governo, cessem sem a sua queda.

Curitiba (PR) agora à noite: #foraBolsonaro #Antifascistas

Posted by Esquerda Online on Monday, June 1, 2020

 

*Carlos Henrique Machado Freitas

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: