2 de julho de 2020
  • 18:31 Como Bolsonaro ceifou a vida 60 mil brasileiros, quebrou milhares de empresas e dizimou milhões de empregos
  • 16:24 Por atuar de forma criminosa, advogado ligado a Flávio Bolsonaro é alvo de processo de cassação na OAB
  • 14:09 Bolsonaro diz que projeto de lei sobre fake news não vai vingar e que pode vetar
  • 13:13 Flávio ganhou, Carlos perdeu foro privilegiado e terá investigação acelerada
  • 11:46 O rascunho da queda: Reprovação de Bolsonaro na crise é alta mesmo entre os que recebem auxílio

Bolsonaro reclamando do judiciário, é piada pronta.

Aonde Bolsonaro acha que chegaria se o ex-juiz Moro não fechasse acordo com ele para prender Lula, dar-lhe a presidência e ganhar o ministério?

Aonde ele acha que chegaria se o STF julgasse, como julgou, só depois da eleição a inconstitucionalidade da prisão após condenação em 2ª instância?

Isso não daria nem brecha para Barroso e Rosa Weber barrarem a candidatura de Lula que levaria o pleito no 1º turno com o pé nas costas.

Ter o melhor presidente da história como Lula e, 8 anos depois, o pior, que é Bolsonaro, só se explica o judiciário que temos.

O escândalo Queiroz, que envolve o clã Bolsonaro até o talo, já virou ferro-velho nos trâmites do aparelho judiciário do Estado e tem tudo para cair no balaio do esquecimento.

O governo Bolsonaro é filho da impunidade.

No dia do golpe em Dilma, na câmara, quando Bolsonaro fez um discurso repugnante enaltecendo o torturador e assassino, Brilhante Ustra, era pra ter saído de lá cassado e algemado.

O mesmo pode ser dito sobre seu discurso racista no clube da Hebraica

Mas com o judiciário que temos, isso foi visto com total leniência.

Bolsonaro está no poder batendo de frente com a justiça há 17 meses e não tem um inquérito correndo contra ele em lugar nenhum.

Alguém acredita que ele sofrerá algum tipo de punição por produzir o genocídio que está produzindo por sabotar seu próprio ministério da Saúde a ponto de demitir dois ministros e colocar um sujeito que não entende patavina de saúde só por aceitar sabotar o combate à Covid-19 como ele sabota?

Até o próximo domingo, o Brasil chegará a 50 mil mortos e a um milhão de infectados pelo coronavírus sem que a justiça movesse um dedo para frear os ímpetos assassinos de Bolsonaro.

Seu declarado envolvimento com a milícia, todo o massacre que os trabalhadores sofreram em seu governo com as pautas ultraneoliberais de Guedes, não tiveram qualquer resistência do judiciário. E o sujeito ainda vem falar que é perseguido pela justiça.

Além de maníaco, genocida, racista, homofóbico, xenófobo e misógino, o monstro é muito cínico!

 

*Carlos Henrique Machado Freitas

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: