6 de agosto de 2020
  • 12:28 Para Moro, Lula chefiou o maior roubo da história em troca de um muquifo e uma reforma meia sola no sítio
  • 10:53 A continuar assim, teremos togados em liquidação no OLX
  • 09:43 A mão invisível de Bolsonaro: Bretas, juiz da Lava Jato no Rio, prende secretário de Dória em São Paulo
  • 08:42 A direita, através da mídia, consegue produzir símbolos, mas não sustentá-los
  • 21:16 Bolsonaro tentou dar um golpe militar em maio, revela matéria da Piauí

Vendo agora o Estúdio I, na Globonews, o rebuliço entre os histéricos indignados com a libertação esdrúxula de Queiroz e mais esdrúxula ainda a de sua mulher que estava foragida, me perguntei, por onde andava Maria Beltrão, Artur Xexeo, entre outros que compõem a mesa do programa, quando Joaquim Barbosa carnavalizou a “teoria do domínio do fato” para condenar e prender José Dirceu sem provas do crime na farsa do mensalão.

Certamente, estes estavam vibrando com essa jabuticaba jurídica que o torquemada cênico arrumou para entregar a cabeça de Zé Dirceu para a Globo e, depois, cair no mundo, desaparecer e, possivelmente estar morando em algum imóvel luxuoso em Miami.

Aonde esses comentaristas do absurdo estavam quando o corrupto Aécio Neves contratou uma desclassificada chama Janaína Paschoal para elaborar o pedido de impeachment de Dilma pela tal “pedalada fiscal”?

Uma outra pergunta, aonde estava essa gente estrambótica que, agora, parece mariposa assanhada em torno de uma lâmpada acesa para falar sobre a libertação de Queiroz quando Moro condenou e prendeu Lula sem provas por um troço chamado “ato de ofício indeterminado”?

Respondo: estavam no mesmo programa fazendo coro com Barbosa, Aécio e Moro. Mas, agora, descobrem, vejam só, que o judiciário brasileiro se transformou num pardieiro, não porque Moro e sua turma estão aí livres, mesmo depois de tentar tungar R$ 2,5 bilhões da Petrobras e, muito menos porque o Conselho Nacional do Ministério Público já adiou 40 vezes o julgamento de Dallagnol pelo uso de um powerpoint criminoso contra Lula, eles estão indignados porque somente agora, depois de terem feito campanha para Bolsonaro, estão dispostos não a derrubá-lo, como já ficou claro, mas enfraquecê-lo para que, encabrestado, faça somente o que está no script do mercado, sem fazer muita fuzarca.

 

*Carlos Henrique Machado Freitas

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Pingback: Globo se enfurece com a soltura de Queiroz, mas contra o PT aplaudiu a teoria do domínio do fato, a pedalada fiscal e o ato de ofício indeterminado – Antropofagista | THE DARK SIDE OF THE MOON...
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: