6 de agosto de 2020
  • 20:29 Ato falho: subprocuradora diz que sentença de caso Lula será ‘condenatória’
  • 19:10 Merval esculacha STF e diz que a Suprema Corte do Brasil não é para amadores
  • 14:33 Flávio Bolsonaro quer trocar promotores de sua investigação e, junto, quer trocar Queiroz pelo Papa
  • 12:28 Para Moro, Lula chefiou o maior roubo da história em troca de um muquifo e uma reforma meia sola no sítio
  • 10:53 A continuar assim, teremos togados em liquidação no OLX

Onze ex-ministros da Justiça do Brasil atacam a política de segurança de Bolsonaro que está a cargo de Moro.

Na outra ponta, a de Guedes, Alexandre Frota, do partido do “mito”, enterra o banqueiro e Bolsonaro juntos num mesmo comentário no twitter.

Bolsonaro diz que governo ainda não tem votos para aprovar reforma da Previdência, e não tem mesmo. Aliás, poderia ter, mas a falta de articulação do Governo fez chegar a esse ponto, escreveu Alexandre Frota.

Soma-se a isso outro entrevero criado pelo Major Olímpio, protagonizando nova briga no PSL, querendo expulsar do partido a deputada paulista Valéria Bolsonaro.

Mas a coisa não para aí em um governo que não para em pé.

Seis ex-titulares da Educação também acusam o governo Bolsonaro de desmantelar as políticas públicas dos últimos 30 anos.

A vitalidade de Bolsonaro para se enfiar em roubadas, não é pouca.

O capitão do capital ainda enfrenta resistência de 74% da população que não quer saber de liberação de posse de armas.

E agora Brasil, pra onde vai esse governo sem leme, sem bússola, sem rumo?

Cinco meses de um governo, de qualquer governo, representam um tempo curto demais para sentenças conclusivas, porém tudo indica que este governo já se sentenciou.

Devemos ficar atentos a todas as ações do governo Bolsonaro.

 

*Redação

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: