2 de outubro de 2021
  • 21:44 Bolsonaro desiste de André Mendonça e Aras não será indicado para o STF
  • 18:58 Bolsonaro anunciou R$ 3 bilhões, mas Petrobras destinará R$ 300 milhões para custear gás aos mais pobres
  • 17:42 MPF vai investigar suposta ação de Michelle Bolsonaro na Caixa para ajudar amigos
  • 15:24 Novo escândalo com Michelle mostra que não se é casado com Bolsonaro impunemente
  • 14:10 Em nome dos interesses da burguesia, mídia caminha a passos largos para defender continuidade de Bolsonaro até 2026

A Polícia Militar entrou na manhã deste sábado (3) na plenária do encontro de mulheres do PSOL em São Paulo, pedindo documentos e dizendo estar “monitorando presentes”. “Até onde vai a sanha autoritária?”, questiona o partido.

“GRAVÍSSIMO!”, escreveu Juliano Medeiros, presidente nacional do partido. “Grave ataque ao direito de livre organização partidária. Vamos cobrar de João Doria uma explicação!”, afirmou.

 

*Com informações do 247

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Pingback: Tucanistão: Muito grave, com autoritarismo, PM invade plenária do PSOL em São Paulo  – Brasdangola Blogue
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: