27 de janeiro de 2021
  • 18:55 Bolsonaro, sobre o leite condensado, repete a tática contra jornalistas que usou no caso do depósito de R$ 89 mil de Queiroz para Michelle
  • 17:15 Vídeo: Em claro desespero com o escândalo do leite condensado, Bolsonaro manda imprensa para a puta que pariu
  • 16:13 Em ÁUDIO, empresa nega venda de leite condensado na proporção indicada pelo governo Bolsonaro
  • 15:03 Desesperado, Bolsonaro apela para que caminhoneiros não façam greve na próxima semana
  • 12:22 Malandrão, Eduardo defende compra de leite condensado a R$ 162,00

E lá se vão as reservas internacionais deixadas por Lula e Dilma.

Novo valor deixa para trás o recorde intradia anterior de 4,2785 reais na venda alcançado em 26 de novembro do ano passado.

O dólar acelerou a alta ante o real e bateu uma nova máxima histórica durante um pregão nesta sexta-feira (31), em mais um dia de força da moeda no exterior com pano de fundo de aversão a risco por temores sobre o coronavírus.

O dólar saltou a 4,2800 reais na venda às 12h10, maior valor nominal da história. Assim, deixou para trás o recorde intradia anterior de 4,2785 reais na venda alcançado em 26 de novembro do ano passado.

Por volta de 12h17, a cotação no mercado à vista subia 0,38%, a 4,2756 reais na venda.

Na B3, o contrato de dólar futuro de maior liquidez tinha ganho de 0,59%, a 4,2695 reais.

No exterior, o dólar registrava firmes altas contra outras divisas emergentes, como peso mexicano (+0,6%), rand sul-africano (+1,3%) iuan chinês offshore (+0,5%).

 

 

*Com informações do R7

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. afonso Schroeder Posted on 31 de janeiro de 2020 at 14:24

    Vemos a destruição acontecendo com a direita desconstruindo aquilo que foi construído ao londo dos 13 (treze) anos de boas gestões públicas com as esquerdas, oxalá Deus de entendimento a justiça (STF) corrigir os descumprimentos da Constituição/88 por alguns integrantes que jamais deviam estar em “Ministério” como o ex-juiz “Moro” que mesmo com uma série de atos ilícitos continua no cargo porque? Os reflexos estão claros em todos setores da vida dos brasileiros, deposição já e cadeia a toda quadrilha de “Moro”.

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: