22 de setembro de 2020
  • 14:02 Fux mostra a que veio
  • 13:01 Opinião unânime no mundo: Bolsonaro envergonha o Brasil na ONU
  • 12:01 Bancos servem a oligarcas, traficantes e terroristas em explosão de lavagem de dinheiro
  • 11:07 Agora o clã Bolsonaro tem um judiciário para chamar de seu
  • 23:11 Bolsonaro, que teve quase 70% dos votos em S. Paulo, hoje tem 27% de aprovação

Em nota, Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista afirma que Alexsandro Viviani, líder do movimento de greve dos caminhoneiros no Porto de Santos, foi preso em ação violenta da Polícia.

Uma nota divulgada na tarde desta segunda-feira (17) pelo Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro) afirma que o presidente do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira (Sindicam), Alexsandro Viviani, o Italiano, que lidera o movimento grevista dos caminhoneiros no porto de Santos foi preso.

“A Polícia Militar reprimiu violentamente, agora pouco, a greve dos caminhoneiros. Inclusive o presidente do Sindicato, Alexsandro Viviani, o Italiano, que está ao lado do diretor do Sindipetro-LP, Fábio Mello, no vídeo, foi detido. Uma repressão desproporcional e injustificada, sindicato e trabalhadores pacificamente protestavam e faziam o trabalho de convencimento para que os colegas aderissem à greve”, diz a nota divulgada pelo Sindipetro nas redes sociais.

Petroleiros e caminhoneiros juntos pelo direito a lutar!

URGENTE: PM REPRIME GREVE PACÍFICA DOS CAMINHONEIROS NO PORTO DE SANTOSA Polícia Militar reprimiu violentamente, agora pouco, a greve dos caminhoneiros. Inclusive o presidente do Sindicato, Alexsandro Viviani, o Italiano, que está ao lado do diretor do Sindipetro-LP, Fábio Mello, no vídeo, foi detido. Uma repressão desproporcional e injustificada, sindicato e trabalhadores pacificamente protestavam e faziam o trabalho de convencimento para que os colegas aderissem à greve.Petroleiros e caminhoneiros estão juntos na luta por preço justo para o gás de cozinha e combustíveis. Se a luta dessas duas categorias importantes da classe trabalhador for vitoriosa, toda a população sai ganhando! Por isso, na manhã de hoje o Sindipetro-LP esteve no Porto de Santos levando o apoio e solidariedade da categoria petroleira aos caminhoneiros, que deflagraram nesta segunda-feira (17) uma greve de 24 horas.Contra a criminalização das lutas!Lutar por direitos e vida digna não é crime!

Posted by Sindipetro Litoral Paulista on Monday, February 17, 2020

 

 

*Com informações da Forum

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

2 COMMENTS

  1. Pingback: Vídeo: Preso o líder da greve dos caminhoneiros do porto de Santos  – Brasdangola Blogue
  2. afonso Schroeder Posted on 17 de fevereiro de 2020 at 14:37

    Trabalhador Caminhoneiro e Petroleiros unidos fazem a diferença, vamos todos juntos mostrar ao Brasil os desmandos da quadrilha que se instalou em Brasilia que nem a CF/88 cumprem!

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: