10 de novembro de 2021
  • 14:26 Governo fecha o cerco a quem pediu extradição de Allan dos Santos
  • 13:32 Pesquisa Quaest/Avaliação negativa de Bolsonaro bate recorde
  • 09:42 Pesquisa mostra Lula mais perto da vitória no primeiro turno
  • 09:03 Para a mídia, Lula virou uma batata quente, e não sabe como segurá-lo
  • 22:01 PEC dos precatórios: Câmara aprova texto em 2º turno

Em plena pandemia, órgãos do governo seguem torrando dinheiro em compras de itens nada essenciais.

O Centro de Intendência da Marinha em Niterói, Rio de Janeiro, decidiu ir às compras nessa pandemia. Nada relacionado a respiradores ou outros equipamentos necessários para salvar vidas no front da guerra que já matou mais de 100.000 brasileiros.

A lista de gastos da Marinha, estimada em até R$ 2,8 milhões de reais, prevê a aquisição de 938 pares de brincos ‘com designer de âncora’, ou seja, o símbolo da Marinha. Serão adquiridos ainda 428 echarpes de crepe e 745 porta-retratos. A lista de brindes inclui ainda canetas, porta-bolsas, ‘cristal prisma’, moedas, estatuetas fundidas em metal e lapiseiras.

 

*Com informações da Veja

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. JOAO CUSTODIO VIEIRA FILHO Posted on 11 de agosto de 2020 at 18:23

    A milicada está completamente desprovida de vergonha na cara, aliás, está não, sempre foi assim. O povo trabalhador, falo do trabalhador, não da escória bolsonarista. Na minha estada no exército “brasileiro”, como reservista, na madrugada, quando dava plantão, presenciava um capitão da laia do bolsonaro, estacionando o carro no depósito e roubando mantimentos.
    Desde então, cinquenta anos se passaram e a mutreta continua. Temos que nos livrar desta enfermidade degenerativa que consome a nação.

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: