5 de março de 2021
  • 11:44 Ministério da Saúde prevê até 3 mil mortes diárias por covid-19 em março
  • 10:44 “Pedi pra PF segurar”, disse Deltan Dallagnol sobre ordem de soltura de Lula
  • 10:12 Com quantas laranjas e fantasmas se faz uma mansão em Brasília? É isso que o fedorento espalha bafo tem que responder
  • 21:06 Urgente: Marco Aurélio manda Câmara votar abertura de processo contra Bolsonaro
  • 20:16 Mesmo excluído da mídia, Lula cresce em popularidade digital e Bolsonaro fica estagnado

Seguindo a tradição dos bolsonaristas amaldiçoados que viraram pó no UFC, depois que declararam apoio ao racista Bolsonaro, Anderson Silva, um dos mais entusiasmados apoiadores de Bolsonaro, fez sua despedida dos ringues de forma melancólica após ser tratorado por Uriah Hall Highlights.

Anderson Silva, que durante a campanha de 2018, usou as redes sociais para declarar seu voto em Bolsonaro, em nome da “moralidade pública”, imagina isso, acaba se tornando símbolo da derrocada de um governo a caminho da ruína, engrossando a lista de estrelas do UFC nacional que sucumbiram ao bolsonarismo e, em seguida, foram punidos por derrotas acachapantes, não ficando um único de pé.

Abaixo seguem os momentos finais em que Anderson toma um cruzado, desaba e recebe uma saraivada de golpes do seu oponente, obrigando o juiz a encerrar a luta, dando vitória por nocaute a Uriah Hall Highlights.

*Carlos Henrique Machado Freitas

Siga-nos no Whastapp: https://chat.whatsapp.com/FDoG2xe9I48B3msJOYudM8

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: