17 de novembro de 2021
  • 18:36 A PGR-2 Lindôra Araujo corta microfone de presidente da OAB
  • 16:19 Vídeo: Lula é ovacionado no Instituto de Estudos Políticos, em Paris
  • 14:12 Vereador ensina a fraudar aplicativo e abre crise nas prévias do PSDB
  • 11:17 Bolsonaro leva o Brasil à recessão: ‘Prévia’ do PIB do Banco Central indica queda de 0,14% no 3º trimestre
  • 10:16 Por que Moro bancou o bundão quando foi espinafrado, chamado pelo dep. Glauber Braga de ladrão?

Se Bolsonaro, depois de matar 300 mil brasileiros, continuar impune, o psicopata vai achar, e com razão, que pode muito mais.

Se o assassinato de 300 mil brasileiros não for motivo para arrancar Bolsonaro da presidência, sua impunidade será um passaporte para coisas muito piores.

Se Bolsonaro não for arrancado da presidência agora, uma coisa já dá pra cravar: o genocida sairá dessa bem pior e muito mais perigoso.

Se ele continuar impune, não sobrará instituição no Brasil. Será a certeza de que o Brasil não tem instituições e que ele pode tudo.

A pandemia do coronavírus vai parecer coisa de criança, se o verme continuar no poder depois de dizimar 300 mil vidas incentivando a disseminação da covid, como faz desde o início.

Alimentar o psicopata com impunidade, é pedir para o Brasil entrar de cabeça nos piores tormentos do inferno de uma outra ditadura.

Se Bolsonaro continuar no comando do país e do genocídio que assistimos, infelizmente, a fotografia que se avizinha é assustadora, aterradora.

É doloroso pensar isso. Mas se ele não for cassado imediatamente, seremos obrigados a conviver com os quintos.

Traumas bem maiores vão varrer o Brasil se o genocida se sentir impune e livre, como está, para barbarizar mais do que já está barbarizando.

*Carlos Henrique Machado Freitas

Siga-nos no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H61txRpTVWc7W7yyCu0frt

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68

PIX: 45013993768
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: