18 de junho de 2021
  • 13:11 Queiroga, Pazuello, Ernesto e outros 11 passam à condição de investigados pela CPI da Covid
  • 11:10 Senadores da tropa de choque da CPI receberam mais de meio bilhão de reais do governo Bolsonaro
  • 10:17 CPI da Covid: Assista aos depoimentos dos médicos favoráveis ao tratamento precoce
  • 09:47 Nicolelis: ‘Vamos passar os EUA em mortes por Covid apesar de termos população menor’
  • 08:59 Genocídio, privatização da Eletrobras e restos de comida para o povo. Bem vindos ao pesadelo chamado Brasil

Nesses tempos de pandemia, o brasileiro teve que aprender a conviver com o medo do coronavírus, ao mesmo tempo em que, a partir de um plano de do Palácio do Planalto, Bolsonaro montou uma verdadeira indústria de desinformação e sabotagem das medidas de prevenção e da vacinação.

Somente isso já daria direito ao Congresso de votar dez impeachment contra Bolsonaro. Soma-se a isso o fato de ter usado recursos do próprio povo para patrocinar a difusão de mentiras fundamentadas apenas no seu desejo de sabotar tudo o que não fosse a promoção da covid.

Programas como muitos da Jovem Pan, possivelmente o Pingo nos Is, continuam fazendo serviço completo nessa área sem que nenhum dos participantes da mesa comandada por Augusto Nunes, apresente um traço de remorso por participar ativamente dessa panaceia cotidiana que tenta mutilar as orientações da ciência, o que, sem dúvida, significou um peso enorme no crescimento continuado de infectados e mortos pela covid.

Tudo foi feito para atender à individualidade do mercado até levar o país a essa situação trágica. São ações que não representaram qualquer ganho para a economia, mas que produziram um morticínio que ainda não se sabe exatamente o que representará na situação estrutural da sociedade.

Além da frequência com que Bolsonaro aglomerava grupos de seguidores, condenando os próprios a se contaminarem, o tratamento odioso oferecido por ele à população é apenas um dado de uma força muito maior que efetivamente semeou em seus discursos carregados de ódio, seja em suas falas diretas, seja por uma imposição a veículos de imprensa cooptados pelo Palácio do Planalto, condenando os brasileiros ao cadafalso e causando conflitos na própria sociedade, por repetir diuturnamente os absurdos sobre a covid que jamais tiveram qualquer respaldo científico.

Na verdade, Bolsonaro criou uma ordem nacional contra a ciência, folclorizando a natureza da covid e dando a ela características minimizadoras, porque sempre pensou num processo político, melhor dizendo, sempre acreditou que, assim, o mercado lhe garantiria o direito de governar o país por oito anos.

O que sempre foi central para Bolsonaro, é o mercado, não as pessoas.

Na realidade, os brasileiros são vistos pelo Palácio do Planalto de forma residual, pois Bolsonaro tinha sim a intenção de contaminar o máximo de brasileiros para alcançar o mais rápido possível a suposta imunidade de rebanho, o que já custou até aqui a morte de mais de 430 mil brasileiros.

Não há outro fenômeno igual no mundo que tenha produzido tamanha miséria humana, que tenha estimulado o povo a impor uma violência contra si numa das mais perversas formas de desumanização de que se tem notícia na história da humanidade.

Isso é motivo mais do que suficiente para a CPI, devidamente documentada, propor o impeachment de Bolsonaro, porque se nada acontecer além de discursos ornamentais, possibilitando, depois de tudo o que os brasileiros sabem, será a produção do que há de pior na hipocrisia nacional, preparando o país para o mergulho na selvageria social em que a vida de qualquer brasileiro não valerá um centavo.

É disso que se trata esse vulcão de crimes de responsabilidade de Bolsonaro.

Por isso insisto, se a CPI não servir para destituir Bolsonaro, não servirá para nada.

*Carlos Henrique Machado Freitas

Siga-nos no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H61txRpTVWc7W7yyCu0frt

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68

PIX: 45013993768
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: