26 de setembro de 2021
  • 19:53 Marcio Garcia, o filho de Alexandre Garcia
  • 19:10 O suposto combate à corrupção no Brasil produziu dois golpes e levou ao poder dois corruptos
  • 17:31 Estatais de Exército e Marinha são excluídas de auditoria sobre pagamentos de R$ 44 mi acima do teto
  • 14:25 Dossiê: Prevent induziu competição de médicos para ‘bombar’ kit covid
  • 13:23 A bagunça do governo: Registros de casos somem, reaparecem e expõem subnotificação de covid no país

A Secom (Secretaria de Comunicação da presidência da República) fez uma autoimagem de Bolsonaro, homenageando os agricultores brasileiros com a imagem de um jagunço de latifundiário, um pistoleiro armado bem ao estilo dos grileiros. Muitos expulsam famílias do campo para tomar a terra.

Mas os milicianos também podem se sentir homenageados por essa mesma imagem.

Só mesmo na cabeça podre de Bolsonaro que é responsável pela morte de mais de 550 mil brasileiros, utilizar um jagunço representando os agricultores brasileiros. Uma ofensa a milhares de trabalhadores que empunham enxadas e foices para roçar a terra e não armas de pistoleiros de aluguel.

Bolsonaro aproveitou esse dia para comemorar o dia do jagunço, o dia do assassino de aluguel, como o seu vizinho Ronnie Lessa e Adriano da Nóbrega, o miliciano condecorado na cadeia por Flávio com a medalha Tiradentes, a mando de Bolsonaro, por seus serviços prestados à bandidagem de Rio das Pedras.

O fato é que as classes dominantes do Brasil colocaram esse troço no poder, o que também explica o encontro festivo do clã Bolsonaro com a neta de um ministro de Hitler de extrema direita.

Para piorar, o cenário de fundo da imagem, é de queimada, ou seja, mais bolsonarista, impossível.

Na verdade, Bolsonaro inaugurou o dia do jagunço, o dia do miliciano, o dia do matador de aluguel.

Para quem sabe ler, pingo é letra. Bolsonaro está fazendo apologia à violência no campo promovida por latifundiários.

Bolsonaro, na verdade, quis fazer propaganda do seu grande feito, o de armar ainda mais os latifundiários com seu projeto, tudo em nome do crime. Tudo o que envolve Bolsonaro, tem criminosos covardes no meio.

https://twitter.com/secomvc/status/1420353396956086272?s=20

Participe da vaquinha: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/o-blog-antropofagista-precisa-de-voce

Siga-nos no facebook: https://www.facebook.com/Antropofagista-Jornalismo-109522954746371/

Siga-nos no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H61txRpTVWc7W7yyCu0frt

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68

PIX: 45013993768
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES

2 COMMENTS

  1. Magda Santos Posted on 28 de julho de 2021 at 14:56

    Representando o governo de um jagunço genocida

    Reply
  2. Evair Nunes Posted on 28 de julho de 2021 at 18:22

    Possivelmente o delinquente que está presidente irá dizer que foi um erro na escolha da imagem de parte da SECOM! #ImpeachmentDeBolsonaroUrgentePelaVida

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: