11 de novembro de 2021
  • 09:48 PoderData: Bolsonaro é ruim ou péssimo para um terço dos que votaram nele
  • 09:13 Bolsonaro é novamente denunciado no Tribunal Penal Internacional, por extermínio
  • 08:15 A burguesia vai à luta
  • 20:37 Vídeo: Adélio vive em condições análogas à tortura, denuncia perito que o visitou no presídio federal de Campo Grande
  • 17:58 Economia brasileira vira terra de ninguém e governo Bolsonaro se dissolve instantaneamente

Presidente, em troca, tentaria garantir apoio para se defender de processos na Justiça contra ele e os filhos.

A possibilidade de Jair Bolsonaro não disputar a sucessão de 2022 já começou a ser discutida entre os principais líderes do centrão. Por esse raciocínio, em vez de insistir em contestar as eleições em caso de dificuldade de vitória, o presidente escolheria outro candidato para apoiar, escapando de uma derrota fragorosa nas urnas.

Bolsonaro, em troca, tentaria garantir apoio para se defender de processos na Justiça contra ele e os filhos, considerados inevitáveis caso ele deixe o poder.

O próprio Bolsonaro já levantou a possibilidade de ser preso ao discursar no dia 7 de Setembro para apoiadores —dizendo que isso pode ser tentado, mas que nunca ocorrerá. “Eu nunca serei preso”, disse.

A preocupação em evitar o pior na Justiça seria central no raciocínio de Bolsonaro, consideram os líderes do centrão que convivem com o presidente e apoiam seu governo.

*Mônica Bergamo/Folha

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica
Agência 0197
Operação 1288
Poupança: 772850953-6
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450. 139.937-68
PIX: 45013993768

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Afonso Schroeder Posted on 23 de setembro de 2021 at 07:08

    Lamentável discutir elemento (Bozó) assassino sabotador descumpridor da CF/88 diuturnamente do povo brasileiro já devia estar na cadeia.

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: