3 de outubro de 2021
  • 11:26 Lewandowski se posiciona contra os poderes absolutos do Rei Arthur
  • 09:46 Ações da Prevent integram corrente de efeitos lógicos da campanha de Bolsonaro contra a ciência
  • 17:58 Manifestantes ocupam 10 quarteirões da Paulista e queimam boneco de Bolsonaro
  • 16:35 Motorista atropela e arrasta manifestante por 100 metros em ato contra Bolsonaro no Recife (PE)
  • 15:00 Presidente da Petrobras diz que empresa não vai segurar preço de combustível

No dia em que estudantes, professores e trabalhadores da educação saíram às ruas em pelo menos 126 cidades de 25 estados e do Distrito Federal, a capital paulista registra uma manifestações mais expressivas; segundo a União Nacional dos Estudantes (UNE), uma das entidades que organizaram as manifestações, já são mais de 300 mil pessoas participando da manifestação; concentração começou no Largo da Batata, em Pinheiros, e seguiu em passeata pela Avenida Rebouças em direção à Avenida Paulista.

Cidades brasileiras registraram nesta quinta-feira (30) protestos em defesa da educação. Até por volta de 20h15, atos foram registrados em ao menos 126 cidades de 25 estados e do Distrito Federal.

Na cidade de São Paulo, segundo a União Nacional dos Estudantes (UNE), uma das entidades que organizaram as manifestações, já são mais de 300 mil pessoas participando da manifestação.

Na capital paulista, a concentração dos manifestantes começou no Largo da Batata, em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo. O grupo seguiu em passeata pela Avenida Rebouças em direção à Avenida Paulista.

Assista a vídeos da manifestação em São Paulo:

 

 

 

 

*Com informações do 247

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: