2 de outubro de 2021
  • 21:44 Bolsonaro desiste de André Mendonça e Aras não será indicado para o STF
  • 18:58 Bolsonaro anunciou R$ 3 bilhões, mas Petrobras destinará R$ 300 milhões para custear gás aos mais pobres
  • 17:42 MPF vai investigar suposta ação de Michelle Bolsonaro na Caixa para ajudar amigos
  • 15:24 Novo escândalo com Michelle mostra que não se é casado com Bolsonaro impunemente
  • 14:10 Em nome dos interesses da burguesia, mídia caminha a passos largos para defender continuidade de Bolsonaro até 2026

Um desfile de imagens simbólicas espetaculares, históricas.

Manifestantes que ocuparam Praça Santos Andrade responderam com atitude simbólica a provocação feita
por grupos pró-governo no último domingo

“Em defesa da educação”, diz a faixa gigantesca colocada de volta entre as colunas frontais da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba.

O protesto contra os cortes do governo Bolsonaro que ocupou a Praça Santos Andrade, no centro da capital paranaense, fez questão de colocar no lugar a frase que está sendo bradada em todo o Brasil, pela segunda vez em 15 dias, neste 30 de maio.

No domingo (26), grupos bolsonaristas haviam arrancado a faixa aos gritos de “não nos representa”. Veja imagens da ação de domingo e da reação de hoje, em vídeo de Ana Paula Schreider.

 

 

 

 

 

*Com informações do Viomundo

 

 

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: