5 de julho de 2020
  • 10:08 Os jornalistas da grande mídia estão para o PSDB como os bolsonaristas estão para Bolsonaro
  • 23:21 Como a Lava Jato escondeu do governo federal visita do FBI e procuradores americanos
  • 19:55 #EraMelhorComPT chega aos trending topics do Twitter
  • 15:59 Lava Jato de SP usa Serra como boi de piranha no embate com procurador-geral
  • 14:27 Covid-19: Dados do SUS revelam vítima-padrão de Bolsonaro, homem, pobre e negro

Um desfile de imagens simbólicas espetaculares, históricas.

Manifestantes que ocuparam Praça Santos Andrade responderam com atitude simbólica a provocação feita
por grupos pró-governo no último domingo

“Em defesa da educação”, diz a faixa gigantesca colocada de volta entre as colunas frontais da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba.

O protesto contra os cortes do governo Bolsonaro que ocupou a Praça Santos Andrade, no centro da capital paranaense, fez questão de colocar no lugar a frase que está sendo bradada em todo o Brasil, pela segunda vez em 15 dias, neste 30 de maio.

No domingo (26), grupos bolsonaristas haviam arrancado a faixa aos gritos de “não nos representa”. Veja imagens da ação de domingo e da reação de hoje, em vídeo de Ana Paula Schreider.

 

 

 

 

 

*Com informações do Viomundo

 

 

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: