6 de março de 2021
  • 09:04 O mundo está em pânico com Bolsonaro, Brasil pode criar uma fábrica de variantes potentes, alertam cientistas
  • 23:17 Cartório oculta dados de Flávio em escritura pública da casa de R$ 6 milhões
  • 22:39 Exemplo a ser seguido: Em vídeos, multidão pede renúncia do presidente do Paraguai por negligência no combate à pandemia
  • 19:02 “Nós é que vamos dizer o que é crime”: o dia em que a Lava Jato cometeu estupro coletivo para manter Lula preso
  • 16:24 Defesa de Lula desiste de habeas corpus e dá um nó tático na estratégia de Fachin

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), foi questionado neste domingo (11) sobre uma reportagem publicada pelo jornal ‘Folha de S.Paulo’, que apontava uma piora em 44 indicadores no primeiro semestre deste ano. A resposta de Bolsonaro foi: “pergunta para o Paulo Guedes”.

O questionamento foi feito por jornalistas que o acompanhavam em Brasília. Bolsonaro foi ao Lago Paranoá para andar de jet ski e depois foi de moto a uma feira de artesanato.

“Pergunta para o Paulo Guedes” foi uma frase recorrente usada na campanha das eleições de 2018. Sempre que questionado sobre assuntos econômicos, Bolsonaro respondia “não sei, pergunta para o Paulo Guedes”, na época uma espécie de guru de economia. Guedes depois foi nomeado ministro da Economia.

Segundo a reportagem da ‘Folha’, uma análise de 87 estatísticas oficiais e de estudiosos indica que o Brasil teve melhoras em 28 delas e registrou pioras em 44 (mais de metade). Os indicadores com pioras mais significativas foram nas áreas de Educação, Saúde e Meio Ambiente.

No mesmo dia, Bolsonaro foi questionado sobre se iria ver algum de seus filhos no Dia dos Pais. A resposta foi: “não, vou encontrar com a minha avó”, disse ele. Detalhe: as duas avós de Bolsonaro, de 63 anos, são falecidas.

 

 

*Com informações do Bem Paraná

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: