24 de janeiro de 2021
  • 21:05 Reconhecimento de recusa de oferta da Pfizer amplia críticas à atuação de Bolsonaro na pandemia
  • 19:10 Movimento impeachment já: 53,6% já defendem o impeachment de Bolsonaro, aponta Atlas Político
  • 16:18 Estrangeiros cortam pela metade investimentos no Brasil, diz ONU
  • 14:30 Dilma responde a Miriam Leitão: você e seus patrões foram cúmplices do golpe
  • 12:46 The Guardian: ‘Um massacre completo, um filme de terror’: o desastre de Covid no Brasil

Todos os índices que o Ibope usa pra registrar o olhar da população brasileira para o governo Bolsonaro estão caindo: avaliação do governo, aprovação de Bolsonaro e confiança nele. É o que mostra pesquisa encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e realizada entre 19 e 22 de setembro.

A avaliação positiva (ótimo e bom) do governo era de 35% em abril, caiu para 32% em junho e agora está em 31%.

A avaliação negativa (ruim e péssimo), por sua vez, subiu de 27% em abril para 32% em junho e em setembro chegou a 34%.

Os que consideram o governo “regular” são 32% (eram 31% em abril e os mesmos 32% em junho). Os que não sabem ou não quiserem responder somaram 3%.

Os que desaprovam a maneira de Bolsonaro governar já alcançou um percentual inédito — a metade da população, segundo o Ibope:

50% não aprovam (eram 40% em abril e 48% em junho). Aqueles que aprovam somam 44% (eram 51% e 46% nas pesquisas anteriores). Um total de 6% não quiseram responder.

A confiança em Bolsonaro também minguou. Os que disseram “confiar” no presidente foram 42% dos entrevistados. Em abril, esse percentual era de 51% (caiu para 46% em junho). Do outro lado, 55% disseram “não confiar” em Bolsonaro (eram 45% em abril e 51% em junho)

O Ibope ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios entre 19 e 22 de setembro. O levantamento anterior havia sido realizado de 20 e 26 de junho.

 

 

*Com informações do 247

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. afonso Schroeder Posted on 25 de setembro de 2019 at 16:20

    Desaprovação e deposição já do “Bozó”: Cadeia já ao ex- “juiz Moro ” é ministro mentiroso comprovadamente descumpridor da Constituição/88, Glenn Greenwald da “INTERCEPT” mostrando toda quadrilha lamentável a inércia do (STF)? Esta comprovado que “Moro e o Bozó” são perseguidores, irresponsáveis devem ser afastados e cadeia. E o ex-presidente (Lula) libertado e anulados todos processos indevidos.

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: