28 de julho de 2021
  • 19:55 Pesquisa mostra Ciro Gomes, com 3,3%; está dando certinho sua campanha de ódio contra Lula
  • 17:16 Dallagnol e esposa compram segundo apartamento em condomínio de luxo de Curitiba
  • 16:13 A prisão de Paulo Galo e o perigo do juiz da esquina
  • 15:37 Justiça decreta prisão temporária de Paulo Galo, dos Entregadores Antifascistas, por fogo na estátua de Borba Gato
  • 14:13 A inovadora parceria entre o iFood e as milícias

Onde começa a insurreição que o governo (encurralado) de Moreno tenta conter agora endurecendo a repressão? Aqui: 270 grupos econômicos do Equador faturaram US$ 61,5 bi em 2018; pagaram só 2,5% de IR; o resto precisa ser extraído do suor dos pobres, para ajustar ‘o fiscal’, exige FMI.

Acuado em Guayaquil, o governo formal do Equador tenta conter o avanço da insurreição popular que hoje tomou a Assembleia Nacional em Quito por algumas horas.

Moreno decreta toque de recolher em todo o país nas cercanias de edifícios públicos e estratégicos’ Madrugada será violenta. (Carta Maior)

Enquanto isso no Equador cresce a revolta popular contra as reformas neoliberais do governo do presidente Lênin Moreno.

Posted by Marcos Pedlowski on Saturday, October 5, 2019

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: