22 de junho de 2021
  • 10:11 Assista ao depoimento de Osmar Terra, do Gabinete Paralelo
  • 09:52 Governo comprou vacina indiana Covaxin por preço 1.000% mais alto do que o estimado pelo fabricante
  • 22:09 A reação da ABI às agressões de Bolsonaro contra repórter: “renuncia, presidente!”
  • 19:35 Derrota de Bolsonaro: Rosa Weber suspende convocação de governadores pela CPI da Covid
  • 18:49 Quem não sabe governar, tem que bufar, gritar, babar e xingar

Policiais atuam “como vigilantes mascarados, deixam um rastro de corpos e medo. Como eles próprios admitem, realizam assassinatos extrajudiciais regulamente”, relata o jornal.

Um dos jornais mais influentes do mundo, The New York Times, publicou uma ampla reportagem sobre o Brasil, destacando que, com Jair Bolsonaro na presidência, as milícias policiais “operam nas sombras da repressão do governo brasileiro” e que os assassinatos são estimulados pelo presidente e por sua afirmação de que “criminosos devem morrer como baratas”.

A notícia foi publicada na coluna de Nelson de Sá, na Folha de S. Paulo, que ressaltou outro trecho da matéria: “Parte esquadrão da morte, parte crime organizado, suas fileiras estão cheias de policiais de folga e aposentados que matam à vontade, muitas vezes com total impunidade”.

Máfia

Policiais atuam “como vigilantes mascarados, deixam um rastro de corpos e medo. Como eles próprios admitem, realizam assassinatos extrajudiciais regulamente”, acrescentou.

“Alguns membros de milícia são abertos sobre suas motivações criminosas, cobrando altas somas ao estilo da máfia”, para dar suposta segurança ou para conceder permissão para “atuar no comércio local”, apontou.

 

 

*Com informações da Forum

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. afonso Schroeder Posted on 23 de dezembro de 2019 at 10:57

    Chefão executor é “Moro” na cadeia é descumpridor da constituição/88 :Direita endinheirada fabricou este elemento (Bozó) nocivo aos brasileiros que veio do Congresso repleto de vícios com o golpe de estado em abril/2016 é alheio aos anseios do povo. Brasileiros sabem separar o “joio do trigo” estamos com o ex-presidente “Lula” que é inocente comprovado pela INTERCEPT de Glenn Greenwald (Lula)vai ser eleito pela grande maioria dos brasileiros.

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: