6 de março de 2021
  • 23:17 Cartório oculta dados de Flávio em escritura pública da casa de R$ 6 milhões
  • 22:39 Exemplo a ser seguido: Em vídeos, multidão pede renúncia do presidente do Paraguai por negligência no combate à pandemia
  • 19:02 “Nós é que vamos dizer o que é crime”: o dia em que a Lava Jato cometeu estupro coletivo para manter Lula preso
  • 16:24 Defesa de Lula desiste de habeas corpus e dá um nó tático na estratégia de Fachin
  • 15:47 Uma página lamentável na história do judiciário brasileiro. “Alô, Jungmann, aqui é a Carminha!”

Nós vamos noivar diz a namoradinha do Brasil a Bolsonaro.

Vou ficar noiva, vou lá conhecer onde eu vou habitar, com quem que eu vou conviver, quais são os guarda-chuvas que abrigam a pasta, enfim, a família.

Noivo, noivinho”, afirmou a atriz à coluna da jornalista Mônica Bergamo.

Mas já anunciou um dos seus planos impossíveis

“Quero que seja uma gestão para pacificar a relação da classe com o governo. Sou apoiadora deste governo desde sempre e defendo a classe artística desde os 14 anos”.

De cara, Regina Duarte já atacou o cinema brasileiro dizendo bobagens sobre o documentário Democracia em Vertigem, concorrente ao Oscar: “filme nenhum vai mudar a nossa história”.

 

*Da redação

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. LUCIO Posted on 21 de janeiro de 2020 at 16:03

    o governo dele nao é nazista. É com viés autoritário, é propagador de fake news, pode até ser considerado neo-fascista ou proto-nazista, mas “nazista” é forçar. por esses exageros que a esquerda perde crédito e nao é ouvida por mais gente. Melhoras. É preciso muta ética e o minimo de tendencionismo nessas horas, pra se fazer um jornalismo de qualidade.

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: