17 de janeiro de 2021
  • 23:15 A falta de conhecimentos, de capacidade, de habilidade e aptidão dos militares deixa o Brasil perplexo
  • 22:19 Imagem de ‘Bolsonaro Genocida’ foi projetada na sede da Anvisa
  • 21:34 O beiço que a Índia deu em Bolsonaro é mais um capítulo do seu total isolamento internacional
  • 18:49 O Astronauta de Bolsonaro descobriu a vacina do dia D e da hora H
  • 16:32 A Primeira-dama de Bolsonaro

O Ibovespa fechou em queda nesta sexta-feira (31) e terminou janeiro com um forte recuo de 1,63%, o primeiro após quatro altas e a maior baixa mensal desde fevereiro de 2019, quando o índice registrou perdas de 1,86%.

Foi também a maior queda do Ibovespa para um mês de janeiro desde 2016, quando o benchmark caiu 6,79%

Já o dólar subiu 6,8% neste mês, registrando sua maior alta para um mês de janeiro em 10 anos. Foi também a maior alta mensal desde agosto de 2019, quando a moeda dos Estados Unidos teve alta de 8,76%.

Enquanto isso, o dólar comercial subiu 0,63% a R$ 4,2851 na compra e R$ 4,2858 na venda, marcando nova máxima histórica. O dólar futuro com vencimento em fevereiro teve alta de 0,58% a R$ 4,269.

No mercado de juros, o DI para janeiro de 2022 registrou ganhos de quatro pontos-base a 5,01%, o DI para janeiro de 2023 avançou três pontos, a 5,53% e o DI para janeiro de 2025 ganhou também três pontos-base a 6,24%.

 

 

*Com informações do Infomoney

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Pingback: Ibovespa tem maior queda mensal desde fevereiro de 2019 e dólar tem maior alta para janeiro em 10 anos  – Brasdangola Blogue
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: