26 de novembro de 2020
  • 11:25 Com disputa acirrada, servidores de Recife são pressionados a fazerem campanha para João Campos
  • 09:50 Pesquisa XP/Ipespe: Boulos sobe 9 pontos em São Paulo e encosta em Covas
  • 09:10 Cai aprovação de Bolsonaro em 23 das 26 capitais
  • 20:19 Covas e Doria tiraram R$ 3,4 bilhões da educação e matricularam crianças em creches inacabadas
  • 19:03 Florestan Fernandes Jr.: Mais uma vez, #EleNão!

Depois de vir à tona a sua dívida com a União, via lei Rouanet, agora mais essa do usucapião de uma mansão que Regina Duarte usufrui há muitos anos.

Já se viu muita coisa estranha no mundo, mas a de usucapião de uma mansão, é a primeira vez, assim como a facada sem sangue e sem cicatriz que Bolsonaro diz ter tomado de Adélio.

Se isso for verdade, como publicou Guilherme Amado, da revista Época, é caso único no mundo:

“Regina Duarte tenta regularizar imóvel em condomínio de luxo em São Paulo”.

O imbróglio judicial acontece em Barueri.

Regina Duarte briga na Justiça para regularizar um imóvel que tem no condomínio de luxo Alphaville de Barueri, em São Paulo.

O processo foi aberto no ano passado.

Segundo o advogado de Regina, Marcelo Franco, a atriz quer que a Justiça entenda que se trata de usucapião, ou seja, que ela está no imóvel há muitos anos, pacificamente e sem contestação do proprietário, e que tem o direito a possuir a matrícula do imóvel.

A advogada do condomínio de luxo, Adriana Domingues, disse que o condomínio não se opõe ao pedido da Secretária de Cultura, e que ela é uma “excelente condômina”.

E mais não disse.”

Bom, pelo jeito isso vai dar pano pra manga, já que essa história não tem pé nem cabeça.

A conferir

 

*Da redação

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: