6 de março de 2021
  • 23:17 Cartório oculta dados de Flávio em escritura pública da casa de R$ 6 milhões
  • 22:39 Exemplo a ser seguido: Em vídeos, multidão pede renúncia do presidente do Paraguai por negligência no combate à pandemia
  • 19:02 “Nós é que vamos dizer o que é crime”: o dia em que a Lava Jato cometeu estupro coletivo para manter Lula preso
  • 16:24 Defesa de Lula desiste de habeas corpus e dá um nó tático na estratégia de Fachin
  • 15:47 Uma página lamentável na história do judiciário brasileiro. “Alô, Jungmann, aqui é a Carminha!”

Capanga da milícia, Sergio Moro disse que o motim miliciano no Ceará é “temporário” e será resolvido brevemente.

“Há indicativo de aumento de alguns crimes (mais de 150) mais violentos, mas não é uma situação de desordem”, diz o piadista Moro, mas não parou aí.

Moro ainda soltou essa pérola: “Tudo está sob controle dentro do contexto relativamente difícil.”

Indagado sobre uma eventual reintegração de posse dos quartéis tomados por soldados rebelados, o capanga da milícia disse: “Viemos aqui para serenar os ânimos e não para acirrá-los. ou seja, não quer que os milicianos sejam punidos, mesmo fazendo motim armados e mascarados, mandando comerciantes fecharem as portas, como fazem o tráfico e a milícia.

Não satisfeito em defender criminosos, Moro foi mais longe em seu comportamento absurdo em prol das milícias: “Os policiais são profissionais dedicados que arriscam, muitas vezes, a sua vida pela vida de outro, proteção, seja pela incolumidade da vida ou do patrimônio do outro. São profissionais que devem ser valorizados. É momento de pensar em servir e proteger, serenar os ânimos.”

Depois não quer ser chamado de capanga da milícia.

 

*Da redação

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Pingback: Com 150 assassinatos, pelo motim da PM no Ceará, Moro elogia milícia: são profissionais dedicados – Antropofagista | THE DARK SIDE OF THE MOON...
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: