7 de julho de 2020
  • 21:36 Juiz não combate o crime, juiz julga. Juiz não tem ringue, juiz tem sala de audiência
  • 19:48 Bolsonaro está com sintomas da Covid-19
  • 19:24 Globonews nunca desliga: 24 horas no ar dando noticias importantes sem importância nenhuma
  • 17:38 Empresa de ex-mulher de Frederick Wassef obteve aditivos do governo Bolsonaro
  • 16:15 Vídeo: A idiota que atacou o fiscal da Vigilância Sanitária foi demitida

Informações foram atualizadas na noite desta terça-feira (12/05) pelo Ministério da Saúde. País tem, ainda, 177.589 casos confirmados.

O Ministério da Saúde atualizou, na noite desta terça-feira (12/05), a situação da epidemia de coronavírus no Brasil. Até o momento, já foram registrados 12.400 óbitos por Covid-19, um aumento de 881 mortes nas últimas 24h, o que corresponde a 7,6% de variação em comparação aos dados divulgados nesta segunda (12/05).

Segundo a pasta, nem todos estes óbitos aconteceram em um dia, e o número inclui mortes que foram confirmadas por coronavírus apenas hoje, mas aconteceram há até dois meses. O país já é o sexto com mais mortes no mundo, de acordo com a plataforma Johns Hopkins, e o oitavo com mais casos confirmados.

Segundo o boletim, 177.589 pessoas já receberam o diagnóstico positivo desde o começo da epidemia no país, um crescimento de 5,4% (equivalente a 9.258 pacientes) em um dia. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco e Amazonas são as unidades federativas com maior quantidade de casos e óbitos no momento.

Para tentar segurar a disseminação da doença, alguns estados e municípios estão decretando o chamado lockdown e proibindo a circulação sem justificativas da população e o funcionamento de estabelecimentos além dos essenciais. O Ministério da Saúde deve divulgar, nesta quarta (13/05), mais detalhes sobre as diretrizes desenhadas pela pasta para flexibilizar ou aumentar o rigor do isolamento, de acordo com o quadro de cada localidade.

 

 

*Com informações do Metrópoles

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Pingback: Brasil bate o triste recorde de 881 mortes por Covid-19 em 24 horas  – Brasdangola Blogue
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: