13 de abril de 2021
  • 21:43 PF produziu um embuste policial para beneficiar Moro e o califado de Curitiba
  • 20:38 Comissão da OAB diz que Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade e contra a humanidade ao fundar ‘República da Morte’
  • 18:47 Renan Calheiros é o mais cotado para a relatoria da CPI da covid
  • 16:35 Bolsonaro quer levar a balbúrdia de seu governo para dentro da CPI, mas nem pra isso tem competência
  • 15:33 Denunciado por gestão da pandemia, governo é alvo de Comissão da OEA

Moro é mesmo o mais previsível dos previsíveis. Logo que ele saiu do governo Bolsonaro fazendo aquele teatro todo, nós aqui do Antropofagista já tínhamos avisado que Moro, durante o tempo em que esteve no governo, já tinha feito um dossiê para usar contra Bolsonaro numa possível disputa eleitoral em 2022.

E que, na surdina, vazaria para a mídia o caminho das pedras. O que parece é que ele mudou de ideia e resolveu ele próprio tentar recuperar a aura de paladino da justiça para os tolos, denunciando a organização criminosa para a qual prestou serviços como capanga, vide a prensa que ele deu no porteiro do condomínio de Bolsonaro para mudar a versão do seu depoimento sobre a casa 58 do Seu Jair no dia da morte de Marielle.

E o cínico ainda tem coragem de dizer que saiu do governo porque Bolsonaro queria instrumentalizar a Polícia Federal. É um piadista esse rapaz.

Agora, vai soltando a conta gotas o que sabe, não só contra Bolsonaro, mas também contra ministros militares, o que não deixa de se mais uma desmoralização para as Forças Armadas já tão desmoralizada por Bolsonaro.

O fato é que Bolsonaro, informado, possivelmente por esses mesmos ministros palacianos que o traíra de Curitiba estava armando um mata-burro para derrubar o cavalão, Bolsonaro resolveu dar fim ao casamento dos dois sem vergonha que daria uma bela dupla sertaneja, “vigarista e sem vergonha”.

O problema de Moro, como de todo malandro agulha, é acreditar que todo mundo é trouxa, que não sabia exatamente como ele contava os passos do seu pulo, assim como quem pratica salto triplo ou à distância, sem se preocupar que o cretino não conseguiu dar um único salto que não queimasse logo na largada.

Agora ele está aí, dizendo que alguém disse, que alguém falou, pergunta aos generais, ao estilo, siga o dinheiro, como se o próprio não soubesse disso e que, possivelmente, participou de tudo e, agora, dá uma de alcaguete bem aos moldes dos piores ratos da história.

E preparem-se, daqui por diante até 2022, Moro vai soltar um balão atrás do outro contra o vigarista que ele praticamente colocou na presidência, prendendo Lula sem provas.

Agora é esperar que o ex-fã clube de Moro, Augusto Nunes, Ana Paula do Vôlei, Constantino e Fiuza, defender o Carluxão.

*Carlos Henrique Machado Freitas

Siga-nos no Whastapp: https://chat.whatsapp.com/FDoG2xe9I48B3msJOYudM8

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: