13 de junho de 2021
  • 18:17 Bolsonaro e o golpe do autogolpe
  • 16:56 Bolsonaro não conta com apoio da Marinha e Aeronáutica para o golpe
  • 14:46 Relatório sobre desvios de R$ 52 mi pelo governo chegam hoje à CPI da covid
  • 14:03 Exclusivo: Diálogos de inquérito da PF mostram que Secom privilegiou ‘mídia aliada’
  • 11:38 Bolsonaro recorre às táticas da extrema-direita mundial para atacar máscara

A impunidade de Bolsonaro diante de ações que são consideradas crimes de responsabilidade como comandante da nação, só mostra que Dilma estava marcada para ser golpeada para, depois, inventarem um crime contra ela, assim que venceu a eleição contra Aécio.

É certo que Aécio virou um trapo político, que talvez não figure sequer no lixo da história tal a degradação política e moral dessa figura. E mesmo que Dilma esteja cada dia mais altiva, participativa e com uma força política maior, nada disso impede que a democracia brasileira não tenha sofrido um dos seus piores ataques que deixou sequelas que vão demorar muitos anos para serem reparadas.

O fato mais evidente está no próprio comportamento de Bolsonaro e na debilidade das instituições brasileiras para expurgá-lo da vida pública pelo número incontável de crimes de responsabilidade cometidos somente na pandemia.

Não vamos entrar aqui no mérito dos crimes comuns dos quais o clã é acusado, farsas, esquemas de corrupção pra lá de comprovados que não custaram qualquer punição. Vamos nos ater apenas ao chamado crime de responsabilidade, que é o mais grave, pois já levou à morte mais de 420 mil brasileiros.

Isso não depende de CPI, basta um simples exame de todas ações de Bolsonaro durante a pandemia que levaram o Brasil a esse caos sanitário.

Está tudo aí documentado em áudios, vídeos ou na própria omissão com a falta absoluta de política pública de combate à pandemia.

Só muito cinismo, hipocrisia e o aniquilamento total de nossas instituições justificam essa inacreditável impunidade a que assistimos. Uma pessoa que promove na cara de todos um morticínio e segue impune e desafiando a sociedade, a partir do cargo que ocupa e de suas relações políticas com a escória da sociedade é que explica isso. São fatores objetivos que, com a inércia institucional do país, fizeram com que chegássemos a essa situação trágica.

Se a CPI precisa da formalização dos crimes de responsabilidade de Bolsonaro, ela não precisa provar nada, descobrir nada, é só dar um Google. Todos os brasileiros sabem e conhecem todas as ações e a falta delas que ceifaram a vida de centenas de milhares de brasileiros. O resto é formalidade ou leviandade.

*Carlos Henrique Machado Freitas

Siga-nos no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H61txRpTVWc7W7yyCu0frt

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68

PIX: 45013993768
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: