25 de julho de 2021
  • 18:34 Vídeos e imagens do 24J pela queda de Bolsonaro; vai ser cada vez maior
  • 17:47 É preciso calar a negação’ música pelo impeachment de Bolsonaro é lançada por artistas
  • 16:14 Ato em São Paulo tem cartaz com ‘e-mails da Pfizer’ a Bolsonaro
  • 14:54 Partidos não querem a filiação de Bolsonaro
  • 13:51 Com baixa vacinação, variante delta dispara e prolifera no mundo

Depois de tudo o que Bolsonaro fez e de tudo o que já se sabe de seus filhos e nada de concreto acontecer com eles, do ponto de vista legal, não tem outra explicação que não seja a leitura correta de que as instituições brasileiras não são referência de garantia democrática, porque Bolsonaro está longe de ser o pavão que ele pinta.

A limpidez dos seus arroubos, na base dos factoides, mostra que ele tem absoluta certeza da impunidade porque não encontra freio institucional. Lógico que ele não avança mais por não ter cacife político para tanto e, por isso, come nas mãos do centrão.

Na verdade, é ele, seu clã e o resto que se consiste numa xepa empresarial e uma pequena parcela da mídia que lhe dá alguma sustentação política e uma grande parcela da mídia que compra com louvor as barbaridades neoliberais de Paulo Guedes.

Não há explicação possível para o cenário modorrento das instituições diante de um genocida que não vê qualquer limite na propagação do negacionismo que já ceifou a vida de meio milhão de brasileiros sem que nada de concreto aconteça contra Bolsonaro e seus filhos.

O sujeito não governa. Em dois anos e meio não deu um passo e ainda mergulha o país num retrocesso político, cultural, social e econômico e, ainda assim as instituições seguem adormecidas no berço esplêndido, o que também explica a fragilidade do conceito de cidadania que se tem no Brasil.

Na realidade, Bolsonaro está nos revelando o quanto é frágil o conceito civilizatório brasileiro e o quanto isso custa a cada cidadão e ao próprio país subdesenvolvido ao extremo na sua organização institucional.

*Carlos Henrique Machado Freitas

Siga-nos no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H61txRpTVWc7W7yyCu0frt

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/Blog-Antropofagista-Jornalismo-103163282002200

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68

PIX: 45013993768
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Magda ferreira santos Posted on 14 de junho de 2021 at 22:51

    Sem dúvida é desoladora e assustadora a falta de perspectiva desta milicia no poder supremo sem punição a altura!!!

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: