20 de maio de 2022
  • 22:14 Bolsonaro se confessa derrotado e apela para o factoide de que, sem auditoria, haverá eleições
  • 21:41 TRF-2 nega recurso contra Lula e Dilma por construção de refinaria da Petrobras
  • 17:46 Eduardo Bolsonaro: Arma é o que interessa, a fome não tem pressa
  • 17:03 Bolsolão do SUS: “É viagra político para a Bancada que barrou o impeachment”, diz Padilha
  • 13:15 Nassif vai ao ponto denunciando a omissão das instituições brasileiras com a entrega criminosa da Eletrobras

Rodrigo Constantino, o mesmo que, numa live, chorou depois de ser esculachado por Anita, é um imbecil completo. Talvez o mais bufo dos pela-saco remuneradíssimos com dinheiro público que o governo Bolsonaro sustenta.

Tempos atrás, aquele excremento chamado Augusto Nunes, disse que confiava no pronunciamento de Onyx Lorenzoni a partir do tom de sua pele. Já Alexandre Garcia, que, na ditadura, disputava língua a língua com Augusto Nunes, quem lustrava melhor os coturnos dos generais, foi ainda mais ridículo ao dizer que o rolo da primeira-dama com o reverendo Amilton Gomes no caso da vacina era mentira porque Michelle é discretíssima.

Nisso, ele tem razão, afinal ela não fez nenhum alarido quando Queiroz depositou R$ 89 mil em sua conta. A santa é mesmo discreta.

Hoje, porém, Rodrigo Constantino deu uma espécie de drible do gado nos dois. O idiota orgulhoso sapecou a tese de que Bolsonaro pode ter sido envenenado, daí as dores no abdômen. E justifica, esse pessoal cheirando a Cuba, é capaz de tudo.

Constantino, como todos sabem, sempre foi um dos mais adestrados defensores do neoliberalismo de frases de efeito, uma espécie de borralho do também frasista, Roberto Campos, lógico, sem nunca explicar todos os fracassos econômicos que o Brasil amargou a partir de idiotas ideologizados da mesma estirpe de Guedes e seu resto de comida para os pobres.

Mas acho Constantino anda errando a mão, deve ter apertado muito os testículos do chefe, o que pode ter refletido no abdômen do seu amo.

O fato é que, para a direita bolsonarista, requentar a história da facada do Adélio, é algo absolutamente automático todas as vezes em que Bolsonaro está nas cordas. Como ele se encontra na lona, em contagem regressiva para ser dado como nocauteado, a farsa da facada ganhou em primeiríssimo lugar no pasto do gado premiado. Afinal, não existiria gado se não fossem as teses conspiratórias.

Daí essa pérola de Constantino, que jamais teve medo ridículo.

*Carlos Henrique Machado Freitas

Siga-nos no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H61txRpTVWc7W7yyCu0frt

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68

PIX: 45013993768
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Helio de Castilho Barbosa Filho Posted on 14 de julho de 2021 at 16:20

    Algum acontecimento, tal como envenenamento, não sendo fake, teria todas as cores do descarte por queima de arquivo por parte dos “amigos”. Quem cheira a Cuba quer mais e ver essa galera pagando pelos atos e, se possível, com detenção.

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: