1 de outubro de 2021
  • 11:33 Mensagens de celular de Bolsonaro serão incluídas no relatório da CPI
  • 10:32 Bolsonaro usou criança para fazer apologia à violência e violou o ECA
  • 09:26 PGR diz ao STF que Bolsonaro é o responsável pelas convocações de atos antidemocráticos
  • 21:35 Vídeo: Senador Contarato detona depoente bolsonarista homofóbico
  • 17:32 Pesquisa Ipespe: Lula está 15 pontos à frente de Bolsonaro e venceria adversários no segundo turno

A CPI da Covid ouve nesta quinta-feira (12) o depoimento de Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo Bolsonaro na Câmara.

O deputado teria sido citado por Bolsonaro como possível envolvido em irregularidades na compra da Covaxin.

O caso veio à tona após relato do deputado Luis Miranda (DEM-DF), e agora a PF investiga se o presidente cometeu crime de prevaricação.

Barros já negou envolvimento nas negociações da Covaxin ou que tenha sido citado na reunião entre Miranda e Bolsonaro.

Antes do depoimento, comissão quebrou o sigilo do contrato da Covaxin; ministério havia decretado o documento como sigiloso.

*Com informações do G1

 

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68

PIX: 45013993768
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: