12 de novembro de 2021
  • 09:52 Moro, o juiz bagunça deu aula de como virar um multivigarista
  • 09:24 Paulo Guedes admite que Auxílio Brasil não tem fonte permanente e pode acabar depois das eleições
  • 22:26 New York Times: Bolsonaro e Trump se uniram para dar golpe nas eleições do Brasil
  • 21:10 Farra de diárias milionárias pode deixar Dallagnol inelegível. “Saltam aos olhos”, diz TCU
  • 18:53 Após ordem contra Allan dos Santos, governo muda regra sobre extradição

O sujeito não foi só ordinário quando negociou uma super pasta no ministério com Bolsonaro pela cabeça de Lula.

O podre é responsável por quebrar as maiores empresas brasileiras de construção pesada, colocando no olho da rua milhões de trabalhadores e, depois, foi trabalhar para a empresa que ganha dinheiro cuidando da recuperação judicial das empresas que ele quebrou.

Assim, fica fácil.

Se isso não é prova de corrupção, picaretagem, trapaça, vigarice, fraude e outros adjetivos desse embusteiro espertalhão, é o quê?

É esse pilantraço que a Globo quer alavancar na base da manipulação.

Moro não é terceira via, é a segunda via piorada do bolsonarismo.

Como já disse aqui inúmeras vezes, num país sério, Moro estaria na cadeia, mas como estamos falando do Brasil, ele está no Projac sendo maquiado e preparado por uma fonoaudióloga para inventarem um Bolsonaro 2, o calhorda dos calhordas.

Mas uma coisa é certa, na primeira chuva, sua maquiagem derrete e sua voz afina.

Caros Leitores, precisamos de um pouco mais de sua atenção

Nossos apoiadores estão sendo fundamentais para seguirmos nosso trabalho. Leitores, na medida de suas possibilidades, têm contribuído de forma decisiva para isso. Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica

Agência 0197
Operação 1288
Poupança: 772850953-6
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450. 139.937-68
PIX: 45013993768

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: