9 de janeiro de 2022
  • 21:41 Presidente da Anvisa reage a críticas de Bolsonaro e quer retratação
  • 20:50 Vídeo: Allan dos Santos, foragido da Justiça brasileira, aparece em evento conservador em Orlando
  • 16:51 Quando as diferenças aparecem
  • 14:50 Vídeo: Paredão de cânion em Capitólio (MG) desmorona sobre lanchas; 1 morte confirmada e 15 feridos com gravidade
  • 12:56 Sindicalista: “Governo só beneficia servidores pró-Bolsonaro”

O jornalista e escritor Mário Magalhães disse, em entrevista ao “Jornalistas e Etc”, que a cobertura da Operação Lava Jato foi um dos piores momentos da imprensa brasileira.

“Acho que foi feito pouco jornalismo e muita propaganda. Um dos piores momentos do jornalismo brasileiro, que veio sucedido de um grande momento, a cobertura da pandemia, contra um governo de comensais da morte [nome dado aos seguidores de Lord Voldemort, vilão da série Harry Potter]”, analisou

Para o jornalista, a imprensa brasileira deve se comportar mais uma vez como propagandista, agora em relação à possível candidatura do ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro à Presidência em 2022: “Quanto mais propaganda se dispuser a fazer, pior para a sociedade, que precisa de informação para que possa, autonomamente, tomar seu próprio juízo.”

Filme de Marighella

Mário Magalhães é autor da biografia “Marighella: O guerrilheiro que incendiou o mundo”, lançado em 2012. O escritor contou ao “Jornalistas e Etc” que ficou muito satisfeito com a adaptação do livro para os cinemas, dirigido por Wagner Moura, lançado no Brasil mês passado.

“Estou felicíssimo com o filme do Wagner. Ele teve a sapiência e sorte de contar com uma equipe de luxo; o elenco é assombroso”, elogiou o jornalista. Ele garantiu que não mudaria nada no longa-metragem.

Rodado em 2017, o filme sobre Marighella passou por uma série de imbróglios com a Ancine (Agência Nacional do Cinema) – órgão ligado ao governo federal -, e estreou mundialmente no Festival Internacional de Cinema de Berlim, em 2019, sob fortes aplausos dos presentes na sessão.

*Com informações do Uol

Caros Leitores, precisamos de um pouco mais de sua atenção

Nossos apoiadores estão sendo fundamentais para seguirmos nosso trabalho. Leitores, na medida de suas possibilidades, têm contribuído de forma decisiva para isso. Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica

Agência: 0197
Operação: 1288
Poupança: 772850953-6

PIX: 45013993768

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: