26 de junho de 2022
  • 23:35 Bolsonaristas ignoram tragédia humanitária causada por Bolsonaro na pandemia de Covid
  • 19:33 Janio de Freitas: O Brasil real escancara-se com Milton Ribeiro e pastores e a delinquência se desnuda
  • 18:11 Pressionado pelos vazamentos, Bolsonaro ameaça golpe e passa recibo de que está até o talo no caso do MEC
  • 16:01 Marcelo Adnet bomba nas redes imitando conversa de Bolsonaro com Milton Ribeiro
  • 15:32 Bolsonaro insinua encontro com Áñez; ela nega

Bolsonaro, que tem poucas ideias nos miolos, protagonizou hoje o papel de Odorico Paraguaçu, uma caricatura do Brasil transformado em Sucupira.

Parece que o bilionário americano gostou da brincadeira de montar nos cavalos que murchavam as orelhas para ele se deliciar em cavalgadas.

O sujeito poderia ao menos fazer isso nos bastidores, mas como essa espécie de Napoleão do hospício, formado nas Agulhas Negras, precisa mais de holofote como arma de guerra do que qualquer outra coisa, já que sua campanha está enterrada e, no bojo dessa trágica gestão, a entrega da Eletrobras que ele faz de tudo para não transformar num tribunal para não atiçar a ferocidade do povo.

A ideia de vincular a sua imagem à de Elon Musk é a mais pura expressão de um Odorico, especializado em viver de improvisos agindo como um prefeito provinciano que mora ao largo das questões nacionais.

Seja como for, Bolsonaro está desesperado atrás de um palco, enfiou no colarinho do rapaz uma medalha igual a que deu para o miliciano, Adriano da Nóbrega. Ou seja, receber uma medalha das mãos de Bolsonaro, não é uma honraria, mas um insulto.

Só os orgulhosos comedores de alfafa podem ver alguma vantagem nisso. A única coisa que nos vem à cabeça ao assistir àquelas cenas sucupiranas é, além de nos remeter a uma vergonha alheia. Como o Brasil, com Lula, alcançou a 5ª maior economia do mundo, como chegamos a isso com Bolsonaro?

Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica

Agência: 0197

Operação: 1288

Poupança: 772850953-6

PIX: 45013993768 – CPF

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: