12 de julho de 2020
  • 14:52 Pane na latrina: Ana Paula do Vôlei e JR Guzzo se fazem de mortos com a libertação do casal Queiroz
  • 19:12 O Globo quer “perdoar o PT” por ter cometido o crime de tirar 40 milhões da miséria
  • 16:23 O pedido de perdão ao PT pelo Globo é mais um sinal de que a direita faliu e pede socorro
  • 13:58 Procuradores da Lava Jato têm medo porque sabem o que fizeram no sábado à noite, diz Gilmar Mendes
  • 11:35 Esse era o “exemplo de cidadania contra a corrupção” que deu golpe em Dilma

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, afirma que é preciso se “unir para sair do buraco”. De acordo com o titular da pasta, “O Brasil está à beira do abismo”. A entrevista foi concedida ao jornal Valor Econômico.

“Subida violenta do dólar, queda abrupta das ações das empresas brasileiras, desabastecimento. Vamos virar uma Venezuela! Vamos disputar arroz no tapa, vamos disputar feijão no tapa! Venezuela é um exemplo típico que continua a ser a menina dos olhos de algumas pessoas nesse país. Isso não dá para entender. Desabastecimento foi uma das principais causas do regime militar. Eu vivi isso porque eu já era nascido, tinha 16 anos, estava no colégio militar. Minha mãe ia para fila às 5 da manhã para comprar 3 quilos de arroz. aí quando estava na fila há 3 horas avisavam que não era mais no mercado Mundial, que o arroz ia chegar na Casas da Banha. Saia todo mundo correndo para o outro mercado. Vivemos uma crise de desabastecimento seríssima no país, e até hoje os caras querem esconder isso, contar uma história diferente.”

Para Heleno, é preciso “esquecer que o presidente é o Jair Bolsonaro e, portanto, esquecer essa bobagem de que se a reforma da Previdência passar, com economia de R$ 1 trilhão em dez anos, Bolsonaro será reeleito”, disse ele.

 

 

 

 

*Com informações do 247

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

5 COMMENTS

  1. Adélia Garcia Martins Posted on 29 de maio de 2019 at 15:06

    Se vocês continuarem no governo com certeza a totalidade da população vai fazer isso porque no momento temos quatorze milhões de trabalhadores e suas famílias passando fome enquanto o governo se preocupando com armas e retirada ainda maior de direitos. Quem sobreviver verá.

    Reply
  2. Braz p de franco Posted on 22 de junho de 2019 at 19:43

    Muito bom

    Reply
  3. crisitna aguiar santana moreira Posted on 24 de junho de 2019 at 17:54

    durante o governo militar tambem havia crises de desabastecimento. eu lembro porque tinha dez anos de idade e ficava na fila pra comprar um kilo de açucar ou uma lata de leite em po. isso nos idos de 1974/75 em Sao Paulo. Desabastecimento no Brasil sera culpa do cultivo excessivo de soja e cana, nao da ideologia qualquer que seja ela. sem investimento na agricultura familiar nao ha comida.

    Reply
  4. Urbano Rodrigues Posted on 15 de agosto de 2019 at 22:34

    Diz a esse véi que 70% da comida que vai pra mesa do brasileiro que leva somos nós pequenos produtores. Quando o imbecil que eles botaram na presidência corta os nossos direitos ele bate na mesa?

    Reply
  5. afonso Schroeder Posted on 13 de fevereiro de 2020 at 14:26

    Vemos um “abismo” gigantesco na justiça: Ficar vendo criminoso com apoio de alguns “empresários” é repugnante “Moro” é repleto de atos ilícitos comprovado pela INTERCEPT, oxalá Deus de entendimento ao (STF) e faça justiça colocando na cadeia “Moro”.

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: