2 de outubro de 2021
  • 21:44 Bolsonaro desiste de André Mendonça e Aras não será indicado para o STF
  • 18:58 Bolsonaro anunciou R$ 3 bilhões, mas Petrobras destinará R$ 300 milhões para custear gás aos mais pobres
  • 17:42 MPF vai investigar suposta ação de Michelle Bolsonaro na Caixa para ajudar amigos
  • 15:24 Novo escândalo com Michelle mostra que não se é casado com Bolsonaro impunemente
  • 14:10 Em nome dos interesses da burguesia, mídia caminha a passos largos para defender continuidade de Bolsonaro até 2026

Pela foto que Moro postou em seu twitter, vestido com uma camisa do Flamengo ao lado de Bolsonaro, no Maracanã assistindo ao jogo do Flamengo com o CSA, quis passar a impressão e que nada está acontecendo, mas, ao contrário, ele sabe e muito bem, as consequências do vazamento das conversas promíscuas trocadas com o seu funcionário Dallagnol, o “bobinho”, como bem disse o Ministro Gilmar Mendes.

Além de ser hostilizado no Maracanã, Moro, ao postar a foto, tomou uma invertida de um leitor:

“Senhor Ministro, esta postagem ficará para a história. É a prova de uma chacota, de um desrespeito à democracia. Perdoe-me a palavra antiga, mas lhe falta decência. O silêncio obsequioso é uma exigência para o pensamento ético. Cale-se se nada tem a explicar ao país”.

Disse Débora Diniz, professora da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília e uma das maiores juristas do País.

Moro fez por várias vezes gesto de “V” de “vitória”, além de erguer o punho, sempre demonstrando estar pouco à vontade no papel de torcedor.

 

 

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: