27 de maio de 2022
  • 20:43 Morte em ‘câmara de gás’ de viatura foi registrada como ocorrência ‘sem indício de crime’
  • 20:03 Com um PIX de qualquer valor, você pode contribuir com o Antropofagista
  • 18:53 O preço do golpe: O Brasil tem hoje um PIB per capita 10% menor do que o governo Dilma
  • 17:56 Marcos Coimbra diz que “para 80%, eleição já está decidida e e Lula será o novo presidente
  • 16:45 Rejeição a Lula recua ao patamar de 2002, aponta Datafolha

Em live nas redes sociais, Bolsonaro, sem qualquer pudor, diz rasgado sobre a indicação de Eduardo para e embaixada do Brasil nos EUA. “Lógico, que é filho meu, pretendo beneficiar filho meu, sim. Pretendo, se puder, dar filé mignon, eu dou”.

Imagina se o Lula falasse uma coisa dessas enquanto presidente! No mínimo, um impeachment.

E segue, “Lógico, que é filho meu, pretendo beneficiar filho meu, sim. Pretendo, se puder, dar filé mignon, eu dou, mas não tem nada a ver com filé mignon, nada a ver, é realmente, nós aprofundarmos um relacionamento com um país que é a maior potência econômica e militar do mundo”.

Ele afirmou que poderia também demitir o chanceler Ernesto Araújo e colocar o filho em seu lugar. “Se eu quiser hoje, eu não vou fazer isso jamais, chamo o Ernesto Araújo, falo: O Ernesto vai para Washington, que eu vou botar o Eduardo no Ministério da Relações Exteriores”.

 

 

*Com informações do 247

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: