5 de dezembro de 2020
  • 11:28 No Senado, PT garante vacinação gratuita e universal contra Covid-19
  • 10:12 Gabinete do ódio, o ministro Moro sabia de tudo e nada fez
  • 21:44 Valor Econômico: PIB per capita deve levar dez anos para voltar ao nível do governo Dilma em 2013
  • 19:50 Youtuber bolsonarista revela acesso a bastidores no Planalto
  • 17:33 Ex-presidente do STF se diz perplexo com manobra da Corte a favor de Maia e Alcolumbre

O chefe do GSI, general Augusto Heleno, respondeu com agressividade a FHC, que no começo da tarde criticou o governo Bolsonaro e convocou protestos. “@FHC Por que no te callas” retrucou Heleno.

Fernando Henrique Cardoso recebeu uma resposta dura do chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, general Augusto Heleno, depois de criticar o governo Bolsonaro e sugerir protestos. . “@FHC Por que no te callas”, escreveu Heleno em seu perfil no twitter.

FHC escreveu seu tweet às 13h21 deste sábado (5). Heleno respondeu às 20h18.

“A violência dos bandidos assim como as do governo preocupam. Armas nas mãos de bandidos ou de quem não sabe usá-las aumenta o medo. Demitir funcionários em áreas culturais por ideologia repete o desatino. Sem reação as democracias morrem. Há liberdade para protestar. Usemo-la”, escreveu o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em seu twitter, em protesto contra a censura imposta na Caixa Econômica Federal.

Leonardo Attuch, editor do 247, assinalou sobre o episódio: “Que triste fim de carreira para o @FHC. Golpeou a @dilmabr, articulou a prisão do @LulaOficial e quando descobriu que deu merda, foi reclamar e levou um cala-boca do general. É pra aprender a não conspirar mais contra a democracia.”

Veja os tweets:

 

 

*Com informações do 247

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: