22 de setembro de 2021
  • 19:25 Vídeo: Há uma grande pizza sendo preparada para livrar a cara do clã em troca da renúncia à candidatura de Bolsonaro
  • 17:22 Diretor da Prevent confirma: empresa retirava Covid da ficha de internados e colocava outra doença no lugar
  • 16:10 Como já escrito nas estrelas, Bolsonaro e Centrão preparam uma grande pizza para livrar o clã da cadeia
  • 14:02 Prevent Senior também omitiu Covid como causa da morte da mãe do Veio da Havan.
  • 12:25 Polícia Federal chega ao esquema de Ricardo Barros com medicamentos de alto custo

Censura e tentativas de censura encampadas pelo governo Bolsonaro em órgãos públicos, produções culturais e na imprensa seguem a todo o vapor.

A censura voltou com força no Brasil após a chegada de Jair Bolsonaro ao Planalto. Ao longo do ano, foram inúmeros os exemplos de censura e tentativas de censura encampadas pelo governo em órgãos públicos, em produções culturais e também na imprensa. Desta vez, o alvo do “cala a boca” de Bolsonaro foi a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), rede pública vinculada ao governo federal.

Conforme aponta o jornalista Guilherme Amado, da Época, uma imagem da vereadora Marielle Franco, brutalmente assassinada em 2018 no Rio de Janeiro, foi censurada do programa “Antenize”, da TV Brasil, canal da EBC. Em seguida, Vancarlos Alves, diretor de programação da EBC, foi demitido.

Na primeira edição do programa que foi ao ar pela televisão em 31 de agosto, que era um especial sobre Jackson do Pandeiro, a imagem de Marielle Franco aparecia durante uma tomada que exibia uma série de cordéis. Vancarlos Alves foi mandado embora uma semana depois da veiculação do programa e, em 23 de setembro, a TV Brasil veiculou o programa em seu canal do YouTube, mas dessa vez com uma versão sem a imagem da vereadora do PSOL que, ao que tudo indica, foi assassinada em uma trama que envolvia milicianos próximos à família de Bolsonaro.

Além da censura e da demissão do diretor, a TV Brasil decidiu extinguir o programa “Antenize”, que era exibido aos sábados, às 21h30. No lugar, a emissora agora veicula o programa “Recordar é TV”.

 

 

*Com informações da Forum

 

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: