28 de julho de 2021
  • 19:55 Pesquisa mostra Ciro Gomes, com 3,3%, mostra está dando certinho sua campanha de ódio contra Lula
  • 17:16 Dallagnol e esposa compram segundo apartamento em condomínio de luxo de Curitiba
  • 16:13 A prisão de Paulo Galo e o perigo do juiz da esquina
  • 15:37 Justiça decreta prisão temporária de Paulo Galo, dos Entregadores Antifascistas, por fogo na estátua de Borba Gato
  • 14:13 A inovadora parceria entre o iFood e as milícias

Após denúncia publicada pela Folha de S.Paulo nesta sexta-feira 6, que revela omissão de gastos da campanha de Jair Bolsonaro à Justiça Eleitoral, o que configura um novo crime eleitoral do atual presidente, circula nas redes sociais imagens do comitê eleitoral de Belo Horizonte, justamente o que não foi declarado na relação de despesas.

Em um dos vídeos de 2018 resgatados pelos internautas, Carla Zambelli, que se elegeu deputada federal pelo PSL na onda bolsonarista, exibe o espaço: “Gente, olha que coisa mais linda o que o pessoal de BH fez aqui. Olha isso, adesive o seu veículo grátis aqui. Drive Trhu17. Tem um luminoso BH17”.

“Aqui em Belo Horizonte já foram mais de 5.000 veículos adesivados”, acrescenta Zambelli. O empresário mineiro Abraão Veloso, que também aparece no vídeo, chama o local de “um centro de convivência Bolsonaro”.

Um documento da Prefeitura de BH mostra que o imóvel pertence a uma empresa, a concessionária de veículos Brasvel. Um dos donos, Eduardo Brasil, confirmou à Folha que o imóvel foi “cedido” a um grupo de bolsonaristas. Mas desde 2015 as doações de empresas para campanhas eleitorais são proibidas, o que mostra que Bolsonaro violou a lei.

 

 

*Com informações do 247

 

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Hedy Guerrieri Posted on 6 de dezembro de 2019 at 12:04

    “CENTRO DE CONIVÊNCIA”

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: