26 de setembro de 2021
  • 19:53 Marcio Garcia, o filho de Alexandre Garcia
  • 19:10 O suposto combate à corrupção no Brasil produziu dois golpes e levou ao poder dois corruptos
  • 17:31 Estatais de Exército e Marinha são excluídas de auditoria sobre pagamentos de R$ 44 mi acima do teto
  • 14:25 Dossiê: Prevent induziu competição de médicos para ‘bombar’ kit covid
  • 13:23 A bagunça do governo: Registros de casos somem, reaparecem e expõem subnotificação de covid no país

O dólar comercial superou novo recorde intradiário nesta quarta-feira, superando o patamar de R$ 4,63.

O Banco Central (BC) fez duas atuações extraoridinárias no câmbio, mas elas acabaram não sendo suficientes para segurar a disparada da moeda, que agora é negociada a R$ 4,633, com alta de 1,17%.

O Ibovespa (índice de referência da Bolsa de SP) recua 2,01%, aos 105.064 pontos.

Isso, um dia depois de pibeco de Paulo Guedes, aquele que prometia uma arrancada da economia depois que acabou com a aposentadoria dos mais pobres.

Isso significa o óbvio: o que já está ruim vai ficando dramático, pela ocorrência de uma rara combinação de circunstâncias, transformando-se em um desastre, uma situação de crise permanente.

A conferir nos próximos capítulos.

 

*Da redação

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: