16 de julho de 2020
  • 09:50 De mito a camundongo: Gilmar Mendes expôs a fragilidade política de Bolsonaro
  • 19:52 Entenda o relatório que acusa os EUA de cooperação ilegal na Lava Jato
  • 18:21 Em vídeo, Felipe Neto diz para o NYT que Bolsonaro é o pior presidente do mundo no combate à Covid-19
  • 15:58 Gilmar pôs um pedregulho no coturno dos militares e ficou mais cara a relação incestuosa entre Forças Armadas e governo
  • 14:55 Queiroz usou apartamento de ex-mulher de Wassef em SP, apontam mensagens obtidas pelo MP

Bolsonaro arrumou um ministro mudo que não dirige uma palavra sequer à população e nem aos governadores do país.

Sem boletim diário, ninguém tem informação sobre a real situação da Covid-19 no Brasil, tudo passa a ser especulação. Os brasileiros vão relaxando, o comércio reabrindo, as pessoas se infectando, os hospitais entrando em colapso e, com isso, as mortes aumentando, inclusive de profissionais da área da saúde e a pandemia perdendo o controle e se multiplicando muito mais rápido e matando muito mais pessoas.

Quem não viu isso, só pode estar cego.

Para o governo, basta obrigar a população a usar máscara para ir às compras, pronto, está transferida para ela toda a responsabilidade de contaminação.

Com a reabertura do comércio, Bolsonaro conseguirá o que tanto sonhou, o colapso no sistema de saúde.

Muita gente vai morrer sem atendimento, principalmente os idosos, já que, na falta de respiradores, entre o um idoso e um jovem, a preferência é do segundo, pois tem mais chance de vencer a doença.

Bolsonaro criou a pantomima do AI-5 para desviar o foco do crescimento exponencial do coronavírus no Brasil.

Bolsonaro é um golpista que mia como diz a Folha. Ela só se esqueceu de dizer que ele ataca pelas costas e mata friamente.

Não se enganem, com a reabertura do comércio, as lojas se transformarão em bombas biológicas do coronavírus que explodirão nas cidades.

Só quem não conhece minimamente a cabeça da maioria dos comerciantes que só tem dois neurônios, o que compra e o que vende, para acreditar em reabertura gradual.

Preparem-se para um festival de liquidação, aglomeração e uma velocidade assustadora de novos casos de infectados e mortos pelo coronavírus.

Uma coisa é a carta de intenções da Fiesp, outra, são as práticas do comércio de cada cidade, sobretudo agora que o Ministério da Saúde acabou com as coletivas diárias para a população não ter informação sobre a pandemia e ir às compras como se nada estivesse acontecendo.

Aguardem o tamanho do monstro que vem aí.

Na indústria e no comércio não há a menor preocupação sobre o número de pessoas que vão morrer com a reabertura das lojas, o que já está ocorrendo.

A preocupação deles é o lucro, o caixa, nem que, para isso, morra abraçada com seu dinheiro. É a doença da avareza e da ganância em parceria com o coronavírus e Bolsonaro.

Não importa mais o que médicos e infectologistas digam daqui por diante. Bolsonaro deu autoridade sanitária aos presidentes do CDL (Clube dos Diretores Lojistas).

Por que Bolsonaro trocou o ministro da Saúde?

Agora os boletins não serão feitos baseados na OMS, mas no CDL de cada cidade.

Trocando em miúdos, no dia das mães, vá a uma loja do Veio da Havan e compre uma covide-19 pra ela. Detalhe fundamental, não se esqueça da coroa de flores.

 

*Carlos Henrique Machado Freitas

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

3 COMMENTS

  1. luis Posted on 21 de abril de 2020 at 10:47

    Perfeito!

    Reply
  2. Nioly Martins de Andrade Posted on 21 de abril de 2020 at 22:23

    Não adianta levar uma coroa de flores ,pois elas serão inúteis.Não haverá espaço para colocá-las e nem velório!!

    Reply
  3. Vitória Posted on 22 de abril de 2020 at 03:56

    Disse tudo e mais um pouco ela só pensa na economia mas ele esqueceu do povo. Sem um povo para movimentar o país quero ver qiem ele vai governar.

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: