5 de dezembro de 2020
  • 13:07 “2021 será literalmente catastrófico”, prevê Assembleia Geral da ONU
  • 11:28 No Senado, PT garante vacinação gratuita e universal contra Covid-19
  • 10:12 Gabinete do ódio, o ministro Moro sabia de tudo e nada fez
  • 21:44 Valor Econômico: PIB per capita deve levar dez anos para voltar ao nível do governo Dilma em 2013
  • 19:50 Youtuber bolsonarista revela acesso a bastidores no Planalto

No twitter um bolsonarista cobra de Augusto Heleno uma atitude contra o ministro do supremo Celso de Mello: Ministro o senhor não irá dar uma resposta a altura em Celso de Mello na questão de que se precisar buscará vocês na vara?
Estamos revoltados com isso.

Augusto Heleno então responde: Tudo tem sua hora.

No despacho, o Ministro Celso de Mello determinou que os generais fossem ouvidos em um prazo máximo de 5 dias e caso não prestassem depoimento, seriam conduzidos coercitivamente por agentes da Polícia Federal.

Duas coisas ficam evidentes aqui:

A primeira, é que Heleno se acha intocável, acima da lei por ser general.

A segunda, é que ele faz uma ameaça nada velada ao STF contra a figura do decano Celso de Mello.

Em seguida, o gado mugiu como sempre faz quando tocam o berrante do gabinete do ódio com aqueles comentários patéticos, típicos dos zebus mais exaltados da boiada.

 

*Da redação

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: