21 de setembro de 2020
  • 22:00 Vídeo: Flávio Bolsonaro foge de acareação com Paulo Marinho e dança em programa de Sikêra Jr
  • 19:44 TRE decide: Crivella está inelegível
  • 18:57 Lava-Jato descumpre decisão do STF e não entrega a Lula documentos de leniência da Odebrecht
  • 18:10 Bolsonaro exalta o caos para tentar esconder seu fracasso
  • 17:25 Apoie o Blog Antropofagista

Ator usou nomes do cinema brasileiro para compor emocionante texto de homenagem; assista.

O ator Rodrigo Santoro publicou, nesta sábado (9), uma homenagem aos artistas brasileiros mortos durante a pandemia de Covid-19 no país. Santoro narrou um texto citando várias obras reconhecidas do cinema brasileiro.

O ator publicou, em seu Instagram, um vídeo em que mostra os cartazes dos filmes que cita e os destaca. O texto narrado descreve a situação da pandemia no país a partir dos nomes das obras do audiovisual brasileiro, que vão desde dramas críticos como “Cidade de Deus” até comédias como “Se Eu Fosse Você”.

“Esses filmes representam parte da identidade brasileira. Não caberiam todos aqui. Foram feitos por nós para que o mundo pudesse testemunhar”, escreveu Santoro na publicação.

Ele ainda ressaltou a homenagem: “São a nossa herança, assim como ‘a esperança equilibrista’ de Aldir, o ‘ficou tudo lindo de manhã cedinho’ de Moraes, as palavras precisas e potentes de Rubem, o sorriso terno de Daisy, as aventuras intrépidas do Tio Maneco (Flávio querido), o som de Ciro, as obras de arte ‘só para baixinhos’ de Azulay… e os que ainda seguem fazendo o que é belo e potente no nosso país”.

Assista:

https://www.instagram.com/tv/B_-UeNkpRvR/?utm_source=ig_web_button_share_sheet

 

 

*Com informações da Forum

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

3 COMMENTS

  1. Elisa Posted on 10 de maio de 2020 at 14:28

    Lindo!!!! Emocionante, caiu um cisco no meu olho!!!!

    Reply
  2. Aressa Posted on 10 de maio de 2020 at 14:56

    Lindo demais! Além de grande ator tem a consciência artística e política que se espera de todo artista. Valeu Santoro e pessoal do Antropofagistas por compartilharem com jornalismo lúcido tantas conteúdos relevantes.

    Reply
  3. Jairo Gomes Viana Posted on 10 de maio de 2020 at 19:42

    Fantástico, uma obra prima. Parabéns ao Rodrigo Santoro e por que elaborou o texto caso não tenha sido o Santoro. Brilhante.
    .

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: