12 de novembro de 2021
  • 22:26 New York Times: Bolsonaro e Trump se uniram para dar golpe nas eleições do Brasil
  • 21:10 Farra de diárias milionárias pode deixar Dallagnol inelegível. “Saltam aos olhos”, diz TCU
  • 18:53 Após ordem contra Allan dos Santos, governo muda regra sobre extradição
  • 16:50 CPI da Pandemia pede indiciamento do vereador Carlos Bolsonaro ao MPRJ
  • 15:28 Neoliberalismo: Enquanto grande parcela do povo passa fome, bancos lucram como nunca

Então, quer dizer que a JBS, que doou para a campanha do então deputado Jair Bolsonaro, recebeu R$ 47 milhões do governo Bolsonaro?

É a mesma JBS que pagou a Wassef, advogado do clã Bolsonaro R$ 9 milhões nos últimos cinco anos?

Nossa, que comovente coincidência!

A JBS recebeu R$ 47 milhões do governo Jair Bolsonaro para fornecer carne aos militares. O cardápio contratado inclui peças de picanha, maminha e filé mignon.

Desde a posse de Bolsonaro, no início de 2019, o frigorífico dos irmãos Joesley e Wesley Batista fechou 30 negócios com o Ministério da Defesa para fornecer alimentos congelados aos militares do Exército e da Marinha.

Essa mesma JBS, dos irmãos Joesley e Wesley Batista, pega em corrupção pela Lava Jato de Moro, fechou 30 negócios com o governo Bolsonaro do qual Moro foi ministro da Justiça e Segurança Pública?

Como dizia o grande Wilson das Neves, Ô Sorte!

É toma lá dá cá que chama.

 

*Da redação

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Magda ferreira santos Posted on 16 de abril de 2021 at 14:30

    E VEM DESDE OS “FORNECIMENTOS” PARA O TEMER E SUA “ESPOSA” EM TROCA DE FAVORES “DE ALCOVA”, QUE SABE- SE LÁ NÃO CONTINUARAM NA CORTE!!

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: