19 de outubro de 2020
  • 19:58 Bretas treinou nos EUA para assumir a franquia da Lava Jato no Rio
  • 18:30 Ameaça a quilombolas pode travar acordo espacial EUA-Brasil em Alcântara
  • 17:12 Luis Arce a Lula: “Muito obrigado, companheiro Lula. Povo boliviano recuperou a democracia
  • 14:42 Não fosse o judiciário vassalo, Lula venceria a eleição de 2018 no 1º turno como Luis Arce na Bolívia
  • 14:02 Vídeo: Carlos Bolsonaro pede doações para sua candidatura

E não é para menos, afinal é uma soma significativa que envolve o presidente da República e a primeira-dama, R$ 7,5 milhões. Sem dúvida, isso tem que ser esclarecido o mais rápido possível.

Internautas estão indignados com mais uma ação de corrupção envolvendo Michelle Bolsonaro e colocaram a #Michelle nos assuntos mais comentados do Twitter nesta quinta-feira (1).

O governo Bolsonaro desviou R$ 7,5 milhões doados para a compra de testes rápidos da Covid-19 para o programa Pátria Voluntária, coordenado pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro.​

O frigorífico Marfrig, um dos maiores do país, anunciou em 23 de março que doaria esse valor ao Ministério da Saúde para a compra de 100 mil testes rápidos do novo coronavírus. O Brasil já se encontrava em pandemia e não tinha esse material para seguir a orientação da OMS (Organização das Nações Unidas) de testar em massa a população.

https://twitter.com/GeorgMarques/status/1311630971394052098?s=20

 

*Com informações do 247

 

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: