25 de julho de 2021
  • 18:34 Vídeos e imagens do 24J pela queda de Bolsonaro; vai ser cada vez maior
  • 17:47 É preciso calar a negação’ música pelo impeachment de Bolsonaro é lançada por artistas
  • 16:14 Ato em São Paulo tem cartaz com ‘e-mails da Pfizer’ a Bolsonaro
  • 14:54 Partidos não querem a filiação de Bolsonaro
  • 13:51 Com baixa vacinação, variante delta dispara e prolifera no mundo

Dizendo não crer que São Paulo vive uma segunda onda da Covid-19, Bruno Covas se nega a tomar qualquer medida restritiva na cidade de São que tem a maior quantidade de vítimas fatais da doença.

Impressiona é ele dizer que a cidade vive uma estabilidade de casos quando os boletins oficiais mostram que foi registrado um aumento de 29,5% nos novos casos de covid-19 na comparação entre os primeiros 17 dias de novembro com o mesmo intervalo de tempo de outubro. Segundo o site da Fundação Seade, usado pelo governo do Estado para acompanhamento da pandemia, foram 15.794 novos diagnósticos em novembro.

Então, de onde Bruno Covas está tirando essa estabilidade? Pior, diz que fala em nome da ciência, o que é ainda mais grave, porque é um negacionismo que mente em dobro, sobre a gravidade e ao falar em nome da ciência.

Tudo isso para não prejudicar os negócios da burguesia paulistana tão irresponsável quanto ele. É bom que eleitores examinem isso na hora de votar.

Enquanto isso, dia após dia, o mundo registra novos recordes de mortes por Covid-19.

*Da redação

Siga-nos no Whastapp: https://chat.whatsapp.com/FDoG2xe9I48B3msJOYudM8

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68
Agradecemos imensamente a sua contribuição

 

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: