17 de janeiro de 2021
  • 21:21 Em mais uma derrota do governo Bolsonaro, menos da metade dos estudantes comparecem à prova do Enem
  • 17:01 General Pazuello sobre a aprovação das vacinas: Bolsonaro se fodeu! Ponto
  • 15:53 Mulher, negra e pobre, tudo o que Bolsonaro odeia, é a primeira brasileira a ser vacinada
  • 15:11 Enfim, a vacina: Anvisa aprova as vacinas ConoraVac e Oxford
  • 13:08 Técnicos da Anvisa recomendam a aprovação do uso emergencial da CoronaVac e da Oxford

“Por que o Brasil, referência mundial em vacinação, patina contra o vírus?”, pergunta o New York Times.

VACINA. Enquanto os países se apressavam em seus preparativos para inocular os cidadãos contra o coronavírus, o Brasil, com seu programa de imunização de renome mundial e uma robusta capacidade de fabricação de produtos farmacêuticos, deveria estar em uma vantagem significativa.

Mas lutas políticas internas, planejamento aleatório e um movimento antivacina nascente deixaram o país, que sofreu o segundo maior número de mortes da pandemia, sem um programa de vacinação claro.

Seus cidadãos agora não têm noção de quando podem obter alívio de um vírus que colocou o sistema de saúde pública de joelhos e esmagou a economia.

(The New York Times, EUA) | nyti.ms/3mm1l28

*Com informações da Carta Maior

Siga-nos no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H61txRpTVWc7W7yyCu0frt

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: