10 de novembro de 2021
  • 20:37 Vídeo: Adélio vive em condições análogas à tortura, denuncia perito que o visitou no presídio federal de Campo Grande
  • 17:58 Economia brasileira vira terra de ninguém e governo Bolsonaro se dissolve instantaneamente
  • 16:59 Em cerimônia de filiação, homem joga moeda para Moro e o chama de traidor
  • 14:26 Governo fecha o cerco a quem pediu extradição de Allan dos Santos
  • 13:32 Pesquisa Quaest/Avaliação negativa de Bolsonaro bate recorde

Bolsonaro, hoje nas manifestações de Brasília e de São Paulo, fez o papel de marido traído que descobriu a infidelidade da esposa com um bombeiro durante as manifestações.

Ele já tinha informação de que sua atitude estrambótica de arrotar valentia contra o STF tinha perdido apoio nas redes sociais. Tanto as Forças Armadas quanto a PM, que vinham monitorando o fluxo no mundo digital, concluíram que havia uma perda substancial de musculatura na pauta golpista de Bolsonaro de invadir o STF.

Bolsonaro também já sabia do recuo dos evangélicos e da negativa dos caminhoneiros participarem como categoria.

Na verdade, Bolsonaro não conta mais com apoio de nenhum grupo relevante, o que faz com que o psicopata fique ainda mais perigoso.

O bravateiro, que acabou fazendo um discurso de derrotado na Paulista, tinha todo o mapa de uma realidade que o aguardava, só insistiu na aventura desastrosa porque, na altura dos fatos, não tinha como voltar atrás, nem usando a tática de uma nova e súbita indisposição como fez tempos atrás com a internação em um hospital em São Paulo para requentar aquela farsa grotesca da facada.

Sem qualquer margem de manobra, ele teve que fazer um discurso cínico de quem falava com uma multidão abstrata, mas não conseguiu esconder em sua fisionomia o fiasco estampado acompanhado de rompantes bufos de quem vê o cadafalso se aproximar cada vez mais rápido do seu destino.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica
Agência 0197
Operação 1288
Poupança: 772850953-6
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450. 139.937-68
PIX: 45013993768

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: