10 de janeiro de 2022
  • 18:05 Vídeo de entrevista de Moro faz qualquer um se perguntar: como esse cretino passou na prova para juiz?
  • 16:29 Bolsonaro cala a boca e fica sem reação após o passa-moleque do chefe da Anvisa
  • 15:03 Fernando Veríssimo: Não acabo amizade por causa da política, (talvez)
  • 14:04 Um dos maiores fundos de investimento não investirá um centavo no Brasil no governo Bolsonaro
  • 12:07 Joaquim Barbosa e Sergio Moro se equivalem, cada qual com sua farsa

Quem vê Caio Coppolla, um dos jovens mais despudorados desse país, em busca de uma gorda bolada em sua conta no Telegram, atacar Moro dizendo que ele é comunista, esquerdista, progressista e abortista, deve se espantar, já que Moro sempre foi o herói máximo de Coppolla, justamente por ser milicianista, queirozista, clãsista e, sobretudo, vigarista.

Ou seja, o ex-juiz Moro no governo Bolsonaro era o cara certo, no lugar certo, para a hora certa.

Certamente, o cachê oferecido pelo pilantra de Curitiba não cobriu o do vigarista de Rio das Pedras, e Caio Coppolla não economizou uma versão que, trocando em miúdos, para explicar a saga de Moro como comunista, ele inverte todos os papéis da história, Moro seria um esquerdista que prendeu Lula sem provas por ser um direitista para o esquerdista Bolsonaro vencer a eleição para o esquerdista Bolsonaro vencer a eleição.

O nível de desespero da campanha de Moro, que agora promete processar quem levanta o seu passado ao lado do amigo e doleiro de estimação, Alberto Youssef, e de Bolsonaro que derrete mais rápido do que picolé em auto forno, mandando o seu capanguinha soltar essa pérola, dá o tom do tudo ou nada que essa turma da direita representada por dois ex-comparsas para ver se consegue alguma coisa em 2022.

Desespero é desespero, só muda o endereço.

Nenhuma descrição disponível.

Caros Leitores, precisamos de um pouco mais de sua atenção

Nossos apoiadores estão sendo fundamentais para seguirmos nosso trabalho. Leitores, na medida de suas possibilidades, têm contribuído de forma decisiva para isso. Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica

Agência: 0197
Operação: 1288
Poupança: 772850953-6

PIX: 45013993768

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: