8 de janeiro de 2022
  • 16:51 Quando as diferenças aparecem
  • 14:50 Vídeo: Paredão de cânion em Capitólio (MG) desmorona sobre lanchas; 1 morte confirmada e 15 feridos com gravidade
  • 12:56 Sindicalista: “Governo só beneficia servidores pró-Bolsonaro”
  • 11:58 Cientistas projetam que Brasil pode ter 1 milhão de casos diários de Covid em duas semanas
  • 09:37 Decisão do presidente do STJ em favor da ex-mulher de Wassef causa revolta em ministros

Nos últimos dias, bolsonaristas passaram a encaminhar vídeos antigos do ex-governador de SP criticando o ex-presidente, na tentativa de desgastar imagem da dupla como opção moderada em 2022, informa Andréia Sadi, no G1.

Integrantes do governo Bolsonaro se dizem “desanimados” com a insistência do presidente Jair Bolsonaro em se preocupar apenas com os apoiadores ideológicos – insistindo no negacionismo sobre a vacina, por exemplo – enquanto observam a formação de uma frente ampla no entorno do ex-presidente Lula.

Nesta segunda-feira (20), em avaliações de bastidores, fontes do Planalto ouvidas pelo blog admitem que já há uma preocupação com a possível vitória do ex-presidente no primeiro turno da eleição de 2022. A ordem no governo, agora, é tentar desgastar a imagem de “moderação” que a chapa Lula-Alckmin, se oficializada, pode ter na campanha do ano que vem.

Por isso, bolsonaristas já anteciparam a estratégia digital contra Alckmin e Lula e passaram a encaminhar por mensagens de celular, nos últimos dias, vídeos antigos de Alckmin criticando Lula.

Apesar da estratégia, aliados políticos de Bolsonaro admitem que dificilmente o núcleo digital, liderado por Carlos Bolsonaro, terá êxito se Bolsonaro não “mudar” em temas reais para a população.

Do lado de Lula e Alckmin, o ex-governador já sabe que terá uma missão para ampliar a base de apoio do ex-presidente, se for oficializado na chapa: conversar com base de policiais e religiosos, segmentos onde Bolsonaro conta vantagem, hoje.

No final de semana, antes do primeiro jantar público entre os dois, Alckmin conversou com algumas lideranças, como Marcelo Freixo. A Freixo, deputado federal e pré-candidato ao governo do Rio pelo PSB, disse que está “animado” com a possibilidade de ocupar a vice do ex-presidente Lula.

Caros Leitores, precisamos de um pouco mais de sua atenção

Nossos apoiadores estão sendo fundamentais para seguirmos nosso trabalho. Leitores, na medida de suas possibilidades, têm contribuído de forma decisiva para isso. Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica

Agência: 0197
Operação: 1288
Poupança: 772850953-6

PIX: 45013993768

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: